resenhas category image [Resenha] – Mentirosos, E. Lockhart 04/02/15

MENTIROSOS

De leitura rápida e afiada, Mentirosos é narrado em primeira pessoa por Cadence, uma Sinclair. Os Sinclair são uma família tradicional, com segredos e tramas. Em todos os verões, eles se reúnem em sua ilha particular e agem como membros Sinclair devem agir: forçam sorrisos e não demonstram crises. Inseparáveis desde os 8 anos, os primos Mirren e Johnny, aliados a Cadence (a primogênita da família) e o amigo Gat, tem a mesma idade e formam o grupo dos “Mentirosos”.

No verão dos 15, um acidente deixa Cadence debilitada e ela passa os próximos dois anos em processo de recuperação, tentando juntar de forma ordenada os frangalhos de lembranças do episódio, sem muito resultado. Sua volta a ilha no verão dos 17 é rodeada de mistérios, quando todos, mesmo as crianças, escondem de Cadence o que justamente ela quer tanto lembrar. Mas o que poderia ser tão terrível?

Mentirosos é um livro conciso, recheado de jogos de palavras, metáforas e uma linguagem que alterna entre o seco e o poético. A memória seletiva de Cadence faz dela um dos meus tipos favoritos de personagens: os não confiáveis. Dessa forma, a narração traz a tona fluxos de memórias incertas, deslocadas; junto a personagem tentamos entender os acontecimentos do verão que mudou tudo para família Sinclair. As descrições seguem a risca o método bate-bola Cadence de narrar:

“Johnny é estalo, iniciativa e sarcasmo.
Mirren é açúcar, curiosidade e chuva.
Gat é contemplação e entusiasmo. Ambição e café forte.

sinclair

A narradora também faz uso de pequenas histórias ficcionais para ilustrar o comportamento da família Sinclar. A fachada feliz que disfarça um patriarca com autoridade inquestionável, a influência desse sob as três filhas (mãe e tias de Cadence). E, principalmente, a ambição extremada das filhas interferindo diretamente no cotidiano de uma família cujos alicerces encontram cada vez mais fragilizados.

Embora apresente singularidade durante todo o enredo, é apenas durante o clímax que Mentirosos atinge seu ápice. O desfecho surpreendente provoca um turbilhão de sentimentos e, ao mesmo tempo, permite ao leitor enxergar sob uma ótica totalmente nova a história por completo, seus nuances, acontecimentos e determinadas particularidades que apenas com a revelação final mostram-se coesos, encaixam-se por completo no quebra-cabeça da história. Mentirosos é um daqueles livros incríveis, que teimam em não sair da cabeça por um bom tempo, e gritam pela necessidade de compartilhar com alguém a experiência da leitura. Por favor, leiam.

Título original: We Were Liars
Autor(a): E. Lockhart
Editora: Seguinte
Número de páginas: 272
Gênero: Young Adult
Avaliação: ★★★★★
Cedido em parceria com a editora Companhia da Letras

6 comentários
Postado em 04/02/15 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


6 comentários »
05/02/2015 às 18:36
Visitante assíduo e já deixou 39 comentários.

Oi Brenda,
Eu meio que estava na dúvida entre lê-lo ou não, mas parece ser um daqueles livros que a gente não consegue largar enquanto não chega o final rsrs, vou dar uma chance.
Beijocas ^^

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Larissa! Mentirosos é exatamente esse tipo de livro, a cada capítulo a curiosidade só faz aumentar, e – graças aos deuses – o final não decepciona nem um pouco. Eu chorei horrores quando cheguei ao fim, espero que você dê uma chance e curta também. Beijo :D

[Responder]

Larissa Santos Reply:

Vou dar uma chance então rsrs.
Beijocas ^^

[Responder]


05/02/2015 às 19:04
Você já comentou 3 vezes.

Oi Brenda,
“Mentirosos” foi o segundo livro que li em 2015 justamente pelo burburinho causado na blogosfera literária. Todo mundo dizendo que era muito bom, que era surpreendente e blábláblá. Ele até figurou na lista de alguns blogueiros como um dos melhores livros de 2014. Então, foi impossível ignorar tanto sucesso, e apesar de toda a expectativa eu não me decepcionei nem um pouco. Realmente, esse é um livro espetacular e surpreendente! Eu adorei!
Parabéns pela ótima resenha, perfeita e sem spoilers, amei!
Beijos

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Lindsay! Sempre é complicado ler livros que todo mundo tá falando, porque as expectativas ficam altíssimas né? Embora a resenha só tenha saído agora eu li faz um tempo, antes do burburinho começar, então não enfrentei esse problema. De todo modo, o final de Mentirosos é tão incrível que acho difícil alguém se decepcionar com ele! Beijão <3

[Responder]

Lindsay Leão Reply:

O final é incrível e inimaginável até para aqueles que (como eu) elaboram teorias conspiratórias e finais mirabolantes para os livros de suspense. rsrsrs
Amei!

[Responder]