resenhas category image [Resenha] – Proposta Inconveniente, Patricia Cabot 24/08/14

capa
Nome: Proposta Inconveniente
Autor(a): Patricia Cabot
Editora: Record
Número de páginas: 350
Ano: 2014
Avaliação: ★★★★☆
Cedido em parceria com a editora Record

Apaixonada pelo capitão Connor Drake, Payton sonha em ser capitã de seu próprio navio. Ela cresceu desejando essa profissão exclusivamente masculina, mas agora deve abdicar disso tudo para conseguir um bom marido. O problema é que Connor só percebe seus sentimentos por Payton na véspera de seu casamento com outra. Quando o barco dos noivos parte rumo às Bahamas, ele é atacado e resta a Payton se infiltrar num navio pirata para salvar a vida do seu amado. A coragem une os dois, e o resgate pode gerar mais frutos do que ela imaginou.

Ler Meg Cabot é hábito recorrente para mim, volta e meia um novo exemplar surge na minha pilha de leitura para trazer um pouco de leveza, ou simplesmente garantir as horas de entretenimento fácil que geralmente acontecem. No caso de Patricia Cabot (seu nome adotado para romances históricos), também é fácil garantir boas experiências, sendo Proposta inconveniente incluso nesse leque. Divertido e irreverente, o livro em questão é daqueles que geram suspiros e sorrisos fáceis, ideais parar quebrar o gelo entre leituras muito pesadas e reflexivas.

Irmã mais nova de três irmãos e filha do dono de uma das maiores companhias de navegação da Inglaterra no século XIX, Payton Dixon sempre passou mais tempo dentro de um navio que fora de um, e como tal, se misturou ao meio da melhor forma possível. Costumando usar roupas masculinas, um vocabulário nada recatado para uma dama de sua época e ideias feministas fortes, é com quase 19 anos que ela é obrigada a deixar de lado o sonho de comandar o próprio navio para ceder aos desejos dos irmãos de arrumar um bom marido.

Só que Payton não quer nenhum marido! Quer dizer, na verdade, ela gostaria muito de ter um marido, mas apenas se esse marido em questão fosse o capitão Connor Drake, um amigo íntimo da família e companheiro de trabalho nas viagens em alto-mar – que por um acaso está de casamento marcado. Mas aparentemente o capitão a enxerga apenas como uma criança recém-crescida (quando foi mesmo que ela começou a ter seios?) e é apenas nas vésperas do casamento dele que o cenário mudará de figura.

Saindo dos panos de fundo tradicionais e literalmente jogando sua história dentro do mar, Cabot nos apresenta um universo de piratas, grandes rivais e mocinhas heroínas. Isso mesmo, porque aqui Payton com sua personalidade forte, independente (e nada indefesa) que irá ser fundamental na história, literalmente indo resgatar o capitão Connor Drake das garras do inimigo. Tudo isso envolto e narrado no melhor de estilo espirituoso e irônico.

Proposta inconveniente também tem um cenário familiar muito bem elaborado, os diálogos entre irmãos e a sintonia entre ele é evidente, além de extremamente divertida de ser acompanhada. A narrativa em terceira pessoa colabora para adentrarmos de modo mais abrangente na rotina familiar e percebermos as nuances de personalidade entre os personagens. A única ressalva fica por conta do romance entre os protagonistas, senti que faltou um pouco mais de aprofundamento no início do relacionamento e um pouco de química depois.

DESIGN: ★★★★★
IMPACTO: ★★★★☆
NARRATIVA: ★★★★★

11 comentários
Postado em 24/08/14 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


11 comentários »
24/08/2014 às 21:15
Visitante assíduo e já deixou 122 comentários.

Oi Brenda!
Nunca soube que Patricia Cabot era mesmo a Meg Cabot! (Desculpe a ignorância :/) mas eu sempre gostei muito da Meg Cabot e esse livro parece bastante interessante!!!

Beijos

[Responder]


25/08/2014 às 00:04
Visitante assíduo e já deixou 14 comentários.

Brenda, nada como um livro mais leve em meio as leituras mais densas não é mesmo? sempre faço isso. Vivo mesclando entre leituras densas e leves e funciona demais para mim.
Vi que você postou no face e passei para conferir sua opinião sobre o livro, que me chamou atenção pela capa (porque certas capas são muito atrativas, rsrs) e essa também achei linda e condizente com o romance. O fato da Payton ter uma personalidade forte e independente é um ponto bastante positivo, além desse cenário da pirataria. Muito bom.
Adorei sua resenha, como sempre <3
Beijos

[Responder]


25/08/2014 às 12:39
Visitante assíduo e já deixou 10 comentários.

Amooo quando a Meg escreve romances como Patricia ;) Os romances de época dela são ótimos!!! Tô morrendo de vontade de ler esse livro *-* A capa dele é linda e a diagramação tbm! A editora fez um trabalho muito bom. Acho que pela sinopse e pela resenha esse livro foge bem do padrão da Meg como Patricia o que acho super legal pq é uma novidade!
Bjs

[Responder]


25/08/2014 às 13:17
Visitante assíduo e já deixou 34 comentários.

Oi, tudo bem?
Eu estou louca para ler esse livro, eu adoro a Meg e não vejo a hora de conhecer esse pseudônimo dela hahaha li somente um romance histórico e gostei muito espero amar esse da Patricia (Meg).
Beijos *-*

[Responder]


25/08/2014 às 15:02
Visitante assíduo e já deixou 20 comentários.

O único livro de Patrícia Cabot que li foi A Rosa do Inverno e lembro que gostei bastante, apesar de ter lido há alguns anos. Estava mesmo procurando outro livro da Meg escrevendo como Patrícia para ler.

[Responder]


25/08/2014 às 21:03
Visitante assíduo e já deixou 12 comentários.

Oiee.
Apesar de ter amado essa capa e sempre gostar dos livros da Patricia, esse não me interessou.
Eu sei que é diferente dos demais, e talvez seja exatamente isso que não tenha me agradado (vai entender), mas o fato dele narrar a história em barcos ou navios não me agradou.
Isso só me interessa em filmes, em livros sempre acho chato.
Então não pretendo ler esse.
Bjokas!

[Responder]


26/08/2014 às 19:53
Visitante assíduo e já deixou 10 comentários.

Pois é, a Meg é encantadora, seus livros são ótimos e ela ainda adaptou o seu nome para romances históricos.
Adoraria embarcar nessa historia e conhecer melhor do capitão Connor… Já pra lista de desejados…

Abçs :)

[Responder]


27/08/2014 às 12:58
Visitante assíduo e já deixou 39 comentários.

Oi Brenda,
Até hoje não li nada da Meg Cabot, esse romance histórico em especial, deixou-me curiosa, são tantos elogios e ainda tem a mocinha que quer realizar seus sonhos mesmo que estes sejam para homens. Pena que faltou um pouco de química.
Beijocas ^^

[Responder]


30/08/2014 às 15:01
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Oi Brenda, tudo bom?
Adorei seu cantinho aqui ^_^ e adorei mais ainda a resenha!
Fiquei super curioso para ler o livro! Vamos ver se ainda este ano eu leia :D
Beijos!
Paulo Ricardo postado recentemente..Resenha: Por que Indiana, João? – Danilo LeonardiMy Profile

[Responder]


31/08/2014 às 16:25
Visitante assíduo e já deixou 15 comentários.

Oi Brenda,
que livro esse eiim..caramba adoreii já entrou para minha lista de livros desejados …
\oool/ adoroo romnce e que capa liinda neh..simplesmente ameii viuu
apesar de não ter lido nenhum livro da Meg Cabot esse romance me chamou bastante atenção!*–*
beiijoos!

[Responder]


31/08/2014 às 16:28
Visitante assíduo e já deixou 15 comentários.

amei a resenha desse livro

[Responder]