resenhas category image [Resenha] – Laços de sangue, Richelle Mead 20/04/14

LACOS_DE_SANGUE_1369233988P (1)
Nome: Laços de Sangue, Bloodlines #1
Autor(a): Richelle Mead
Editora: Seguinte
Número de páginas: 430
Ano: 2013
Avaliação: ★★★★½
Cedido em parceria com a editora Cia das letras

Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger: os humanos.

Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável: ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha Lissa ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono – o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade.
Primeiro volume da série Bloodlines, “Laços de Sangue” apresenta o ponto de vista de Sydney Sage. Por ser uma alquimista, ela foi criada para acreditar que vampiros são criaturas terríveis e antinaturais. Até ser enviada à ensolarada Califórnia em uma missão para proteger a princesa vampira Jill Dragomir.

Laços de sangue é uma série spin-off da série Academia de vampiros, o que significa que ela corre dentro do mesmo universo que a deu origem, sem, no entanto, depender da série inicial para o seu desenvolvimento. Aos leitores que já conhecem e gostam de VA posso afirmar: Bloodlines não decepcionará nem um pouco. E, aqueles que ainda não apreciam o talento da Richelle Mead faço um convite para conhecê-lo através desse livro. Laços de sangue é um sobrenatural completamente encantador!

Sydney Sage é uma Alquimista, alguém responsável por manter o mundo dos antinaturais fora do conhecimento dos humanos. Quando ela ajudou uma dampira (o fruto do cruzamento entre vampiros e humanos) em uma missão extra-oficial, desrespeitou a regra fundamental dos Alquimistas da não aliança fora do ambiente de trabalho a esses seres sobrenaturais. Para se redimir e limpar a ficha na organização, Sidney decide voluntariar-se a uma tarefa pouco convidativa: voltar ao ensino médio num colégio no meio do nada no papel de “babá” de Jill Dragomir – a princesa vampira ameaçada de morte pelos rebeldes.

Combinando uma escrita leve e articulada, Laços de sangue se molda a partir da personalidade de Sidney. Sage é uma garota metódica, responsável, extremamente inteligente e certinha, com um trabalho árduo nas mãos. Por mais que tente se adequar o ambiente, acaba se destacando e divertindo o leitor na sua inabilidade em relacionamentos usuais. Além de abdicar da tão sonhada faculdade, ela se viu obrigada a conviver diariamente com tudo aquilo que cresceu aprendendo a repugnar. O pacote abarcado no novo círculo de convivência de Sidney inclui não só Jill, mas também o guardião dampiro Eddie, bem como o irônico e irreverente vampiro Adrian. E por mais que o profissionalismo queira permanecer, Sage começa a criar uma delicada afeição por eles.

A história mostra a construção do relacionamento desses personagens em meio ao desenvolvimento de pequenas zonas de conflito variadas. O livro não tem uma trama que atropela, segue primeiramente a nível introdutório com explicações que situam o leitor dentro do universo narrado, e depois alavancado pela narrativa viciante da Richelle. Laços de sangue cativa pelos detalhes, pelo aglomerado de níveis que consegue alcançar. Ele pincela sobre a influência dos valores enraizados em nosso comportamento, trata de relacionamentos familiares complicados; tudo isso em meio a um cenário que choca com o comum esperado em um livro de gênero sobrenatural: a ensolarada cidade de Palm Springs.

A escrita da Richelle é simpática, e a perspectiva humana em um livro que trata primordialmente sobre vampiros deixa a atmosfera aconchegante. Como fã de Academia de vampiros adorei conhecer outro ângulo da história, mas a extensão da série consegue superar de longe a ideia de um livro privado a fãs de VA. Embora leitores novos não se sintam tão familiarizados no universo apresentado num primeiro momento, Bloodlines tem potencial e consegue abarcar um público amplo e diversificado pelo seu alto grau de carisma e irreverência.

DESIGN: ★★★½☆
IMPACTO: ★★★★☆
NARRATIVA: ★★★★★

26 comentários
Postado em 20/04/14 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


26 comentários »
20/04/2014 às 13:03
Visitante assíduo e já deixou 29 comentários.

Não me interessei nem por VA nem por Bloodlines. Simplesmente porque não gosto de livros, nem filmes, nem nada que envolva vampiros! E também achei meio complicado de entender o mundo de Richelle Mead. Mas as capas são lindas! Boa resenha.

[Responder]


20/04/2014 às 14:12
Você já comentou 5 vezes.

Nunca li nada da Richelle Mead, mas estou vendo tanta gente falando sobre esse spin-off que até estou com uma certa vontade ^^

Você disse que nao precisa ter lido Academia de Vampiro pra ler Laços de Sangue, mas acho que lerei VA antes mesmo assim. Há uns meses, a editora estava liberando o primeiro livro de graça para Kindle e eu baixei. Acho que aproveitarei a empolgação da sua resenha para entrar para esse universo xD

[Responder]


20/04/2014 às 14:49
Visitante assíduo e já deixou 17 comentários.

Nunca li nada da Richelle, mas não tenho dúvidas de que sua escrita é envolvente, sobre Vampire Academy, não sei se gostaria por estar misturando vampiros ao universo humano, fórmula um pouco batida demais, esse spin-off acho que deve até superar a série original por focar em outros personagens, pretendo ler e tirar minhas próprias conclusões já meio que simpatizei com Sage.

[Responder]


20/04/2014 às 20:37
Visitante assíduo e já deixou 39 comentários.

Oie,
Eu ainda não li VA então não posso começar Bloodlines (que possui essas capas divas), mas pretendo ler VA poque eu gosto de tudo que envolva fantasia e posteriormente pretendo embarcar nessa série para ver os detalhes contidos na trama.
Beijocas ^^

[Responder]


21/04/2014 às 08:43
Visitante assíduo e já deixou 110 comentários.

Excelente resenha, como sempre, Brenda. Situou o leitor nesse universo das criaturas fantásticas. Não é a minha praia, sou das leituras dramáticas e potencialmente reais, daquelas que podem acontecer comigo ou pertinho de mim.
Acho que a visão de uma humana nessa narrativa é mesmo um diferencial que atrai o leitor, fazendo com que se sinta na pele

[Responder]


21/04/2014 às 08:46
Visitante assíduo e já deixou 110 comentários.

Excelente resenha, como sempre, Brenda. Situou o leitor nesse universo das criaturas fantásticas. Não é a minha praia, sou das leituras dramáticas e potencialmente reais, daquelas que podem acontecer comigo ou pertinho de mim.
Acho que a visão de uma humana nessa narrativa é mesmo um diferencial que atrai o leitor, fazendo com que se sinta na pele de Sydney… e quando um autor consegue isso, é um trabalho bem feito e bem vindo.

[Responder]


21/04/2014 às 10:21
Visitante assíduo e já deixou 64 comentários.

Não li VA e nem tenho muita vontade. :x Apesar de ser bem curiosa a respeito de toda trama. Eu li em algum lugar que antes de começar esse spin-off era bom ler os livros de VA primeiro. E são muitos livros… :s rs Todo mundo comenta sobre a narrativa da autora, a minha curiosidade só aumenta. haha Espero ter oportunidade de ler algo dela, algum dia.

[Responder]


21/04/2014 às 13:54
Visitante assíduo e já deixou 23 comentários.

Comecei a sentir curiosidade em ler livros da Richelle através de resenhas pois as sinopses dos livros dela mostram uma mistura de elementos fantásticos que me parecem demasiadas mas quando se lê os livros dela, percebe-se que ela faz a ligação de maneira fantástica! Isso que só li ‘Filha da Tempestade’!
Tenho VA na estante e quero ler a série antes de me iniciar na série Bloodlines. Você só me fez ficar mais ansiosa! ;)

[Responder]


23/04/2014 às 17:55
Você já comentou 3 vezes.

Confesso que não gosto muito do gênero do livro, mas a primeira coisa que me chamou a atenção foram as capas da série. Sem dúvidas, são lindas!
Gostei da ideia de misturar alquimistas com vampiros também, então, talvez eu leia, caso haja uma oportunidade.
Marcos Lucas postado recentemente..Geração Editorial lança book trailer do livro O Enigma das EstrelasMy Profile

[Responder]


24/04/2014 às 08:45
Visitante assíduo e já deixou 23 comentários.

Oi Brenda…Adorei poder ler a resenha e saber mais sobre este livro, apesar de não ter lido a série,curto bastante livros sobre vampiros e este já esta na minha lista de desejados devido a tantas resenhas positivas que li!!
Beijos!!

[Responder]


24/04/2014 às 16:00
Visitante assíduo e já deixou 34 comentários.

Oi, eu ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas gostaria muito, pois li Academia de vampiros da Richelle Mead e estou curiosa para conhecer outras obras da autora, não gostei muito da Sidney em VA, mas quem sabe lendo a série sobre ela eu acabe me simpatizando pela personagem, adorei a sua resenha.
Beijos!!!

[Responder]


30/04/2014 às 13:48
Visitante assíduo e já deixou 10 comentários.

O livro parece ser bom, mas ainda não li academia de vampiros, aí não sei se eu lendo Laços de sangue vou ficar perdida ou não. O que acha?

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Maria! No começo acho que você vai ficar um pouco lotada de informações, mas juro que passa. Acho que vale a pena tentar sim!

[Responder]


30/04/2014 às 17:17
Você já comentou 8 vezes.

Oi Brenda! :)

Ainda não consegui terminar de ler Academia de Vampiros… Parei no terceiro livro e estou surtando para poder ler a continuação!
Assim que eu terminar de ler, com certeza vou querer ler esse spin-off da série porque tudo que envolve VA eu amooo. <33

Beijos.

[Responder]


30/04/2014 às 19:03
Visitante assíduo e já deixou 117 comentários.

Olá Brendinha, então, eu nunca li nada da autora, e confesso que este mundo vampiresco não faz muito o meu “estilo”, hehe, mas tenho curiosidade em ler VA. Que bom que você gostou deste spin-off, não é sempre que funciona né? Vamos ver, quem sabe um dia eu acabe me deparando com este livro e gostando, tudo é possível. :D
Beijão!

[Responder]


30/04/2014 às 23:21
Você já comentou 4 vezes.

eu tenho uma amiga que queria tanto esse livro que me fez dar de presente haha
Mas eu nao tinha ideia de que era relacionado a VA!!!! :O
Recem to lendo (li os dois primeiros só), mas to gostando bastante. Vou pedir pra ela emprestado :D
Fernanda Mendonça postado recentemente..[RESENHA DE TINTA] MINHA QUERIDA SPUTINIKMy Profile

[Responder]


03/05/2014 às 14:01
Você já comentou 4 vezes.

Laços de Sangue chama atenção pela capa e também pelo próprio título. Não li nada da autora, muito menos sabia que esse livro tem relação com a série Academia de vampiros. Confesso que quando percebo que algum livro tem vampiros, fico receosa. Atualmente não se lê mais livros bons com esse tema. Mas me interessei pelo enredo de “Laços de Sangue”, parece ser uma história interessante, gosto bastante de enredos vampirescos.

[Responder]


03/05/2014 às 16:03
Você já comentou 4 vezes.

Eu amo a série VA e por um momento fiquei em desespero quando cheguei ao fim do último livro e me deparei com todas aquelas pontas soltas. Eu tinha ficado indignada por a Richelle ter cometido tal “erro” de deixar o destino de vários personagens em aberto e sem explicação, até que descobri que isso foi proposital, pois, a série iria continuar em uma nova saga. Ou melhor dizendo, umspin-off. *.*
Então corri atrás de Bloodlines (pdf) e tenho que falar, não me decepcionei nem um pouco!!!! A autora manteve sua escrita impecável e ainda por cima nos deu a chance de nos apaixonarmos ainda mais pelo Adrian e passar a amar a Sidney também. s2
Amei acompanhar o desenvolvimento da Jill, Eddie, Sonya, Angeline e todos que foram pouco explorados em VA…e ao mesmo tempo pulo de felicidade quando aparecem os velhos personagens. ^^
Enfim, parabéns pela resenha. Muito boa! =D

ps: Estou morrendo de ódio dos alquimistas!!! Quem já leu o e-book de “The Fiery Heart” ira entender. ;)

[Responder]


04/05/2014 às 01:12
Visitante assíduo e já deixou 27 comentários.

Eu ainda não li nada da Richelle Mead, na verdade não tenho muita paciência com séries longas, com muitos livros. Como esse livro é parte de uma trilogia pode ser uma boa idéia começar a ler os livros dela por aí, adorei a capa.

[Responder]


04/05/2014 às 07:52
Você já comentou 2 vezes.

Nossa fiquei muito interessada em ler esse livro.Eu sou simplesmente fascinada por livros sobrenaturais…Sem fala q a estória é de tirar o folego…Alem do mais essa capa é espetacular..qro muito ter esse livro na minha estante.
Abraços,

[Responder]


04/05/2014 às 08:04
Você já comentou 2 vezes.

Nossa qro muito ler esse livros , a estória é de tirar o folego . ..Amoo todo livro sobrenatural…Sem falar nessa capa maravilhosa…qro esse livro na minha estante.
Abraço

[Responder]


11/05/2014 às 11:34
Você já comentou 2 vezes.

Amei a capa! Apesar de serem do mesmo estilo, cada uma tem um detalhe característico do livro (sangue, lírios e fumacinha de feitiço. rs). Sou apaixonado por essas coisas vampirescas! E todo mundo fala super bem dele. Então quero muito ter-lo
Beijos!

[Responder]


17/05/2014 às 18:17
Você já comentou 2 vezes.

Estou mega recomendando esse livro! Terminei há pouco tempo e o que eu posso dizer? É INCRÍVEL! Mal posso esperar para O Lírio Dourado ♥

[Responder]


18/05/2014 às 09:02
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Eu li o primeiro de VA e não gostei o suficiente para continuar a série, mesmo com tantas pessoas falando bem e olha que são fãs que disseram que a série entra numa boa pegada só no terceiro, então desanimei… Mas bloodlines me interessou mais, a escrita dela parece ter amadurecido muito pelo que dizem e já que você falou que mesmo se passando no mesmo universo uma série independe da outra vou aproveitar

[Responder]


18/05/2014 às 19:37
Você já comentou 2 vezes.

Ainda não li a série Academia de Vampiros e gostei bastante de saber que o enredo deste livro não depende do enredo da série, apesar de se passar no mesmo mundo. O enredo é bem interessante e parece ser mesmo ótimo para conhecer outra versão da estória, como você comentou. Nunca li nada desta autora e fico curiosa para conhecer sua narrativa. :)
Adorei a resenha!

[Responder]


19/05/2014 às 23:56
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Ainda não li VA, mas to doida pra ler também!
Simplesmente, adorei, preciso ler! Eu tenho o segundo volume, e como não tenho o primeiro vou passando outros na frente, infelizmente, mas to doida pra ler…
“divertindo o leitor na sua inabilidade em relacionamentos usuais.” fico só imagindo as bolas fora… kkkkkkkkkkkkkkk
Eu tenho uma amiga que leu o primeiro e o segundo, mas disse que achou cansativo e entediante o primeiro… :O Mas também disse que o segundo é beeem melhor…
Não sei, ainda não li”segue primeiramente a nível introdutório com explicações que situam o leitor dentro do universo narrado”, ÓTIMO! eu amo livros que tenham detalhes, especialmente livros que são spin de outras series, as vezes os autores escrevem eles muuuito “superficialmente” como se TODOS os leitores tivessem lido a serie…
Parabéns, ótima resenha! ;)

[Responder]