resenhas category image [Resenha] – O Cavaleiro Fantasma, Cornelia Funke 16/05/13

O_CAVALEIRO_FANTASMA_1361918060P
Nome: O Cavaleiro Fantasma
Autor(a): Cornelia Funke
Editora: Seguinte
Número de páginas: 176
Ano: 2013
Avaliação: ★★★☆☆
Cedido em parceria com a editora Seguinte

Jon Withcroft não estava nada feliz. E quem gostaria de ser mandado para um internato bem quando a mãe tinha arranjado um namorado novo? Pois, quando chegou em Salisbury, o garoto só pensava nos acidentes que o Barba (apelido “carinhoso” pelo qual Jon se refere ao seu grande rival) poderia estar sofrendo e no que seria escrito na lápide dele caso algum escorregão fosse fatal.

Até que… na sexta noite em Salisbury, Jon descobre um novo motivo para querer voltar correndo para casa: ele passa a ser perseguido por um bando de fantasmas, que desejava nada mais nada menos que a sua morte.
Mas em vez de pedir ajuda para a mãe, Jon recorre a um outro protetor: sir William Longspee, um cavaleiro fantasma que está enterrado na catedral da cidade e que jurou, antes de ser assassinado, estar sempre ao lado dos fracos e inocentes. Ao lado de Jon e de sua amiga Ella, sir William percorre cemitérios e duela contra zumbis, lutando não só para ajudar as crianças como também para cumprir seu próprio destino. Mas, para saber qual seria esse grande mistério que ronda nosso nobre cavaleiro fantasma, só lendo a história toda.

O Cavaleiro fantasma tem tudo que se espera de uma história juvenil: uma narrativa doce, personagens interessantes e uma aventura proeminente. Contudo embora tantos fatores o elevem, a história por si só acabou não me satisfazendo por completo.

Mandado para um internato pelo novo namorado da mãe, mais conhecido como o Barba, nosso protagonista Jon Withcroft não está nem um pouco satisfeito. Como poderia viver tranquilamente com o seu maior rival dominando seu território enquanto ele se encontra a milhas de distância sozinho? Um absurdo. Dominando as lágrimas, essas coisitas insistentes, ele tenta sobreviver entre um dia e outro em Salisbury imaginando maneiras terríveis de vingança para o seu oponente. Mas é aí que o Barba de repente se torna a menor das suas preocupações. Porque três fantasmas, só enxergados por Jon, prometem sua morte e passam a persegui-lo pelos corredores e janelas do internato. Sobreviver torna-se sua maior preocupação. Quem diria… de exilado a jurado de morte!

Surge então Ella, a garota mais inteligente e viva do local, cuja presença é adorada e estranhada por Jon. Não é fácil conviver com uma pessoa que sempre te deixa com a impressão de ser pouco inteligente, acreditem. É nossa mocinha que sugere a invocação de Sir Willian Longspee, um cavaleiro – igualmente fantasma – que tem como missão proteger todos os fracos e oprimidos. E bom, Jon se enquadra muito bem nessa categoria.

Soa legal e divertido? Porque é sim na verdade. O cavaleiro fantasma tem um protagonista que encanta qualquer leitor com sua narrativa um tanto depressiva-engraçada de início e assustada-engraçada em diante. O senso de humor ora irônico, ora injustiçado, ora mordaz de Jon Whiteroft é algo que não passa nem um pouco despercebido e isento de elogios. Aliado a personalidade dinâmica e auto-confiante de Ella eles formam uma dupla carismática.

A narrativa é espontânea e leve. O cenário, no entanto, magnífico. Tendo como pano de fundo diversos pontos importantes na história da Inglaterra o livro inspira a busca imediata das imagens dos lugares reais na primeira oportunidade. A história foi construída também, baseando-se em diversas personalidades históricas. Dosando a quantidade certa de cada um, Cornelia misturou figuras já conhecidas e suas características numa trama ficcional criativa.

Com tantos e tantos elogios é esperável estranhar meu comentário inicial sobre não terminar o livro plenamente satisfeita. A questão é que eu não estava no clima de um livro juvenil. A narrativa era maravilhosa, a descrição dos cenários e os personagens também, mas acabei achando o enredo bobo. E realmente fiquei chateada por isso. Talvez se Jon e Ella tivessem protagonizado qualquer outra aventura esse sentimento não teria acometido. Não gostei da história por si só entendem? A trama principal. Todo o adicional foi delicioso de acompanhar, foi estimulante; porque eu realmente curti a maneira de escrever da Cornelia, mas fora dele a magia perdia a maior parte do encanto.

De qualquer forma, eu realmente recomendo a leitura para os apreciadores do gênero. Quem nunca leu nada da Cornelia e quiser começar com esse, também não vejo problema. A questão foi pessoal mesmo. Até porque consigo com clareza apontar os diversos pontos positivos gozados por ele. Para mim foi um quase, quem sabe para você não é um todo?

DESIGN: ★★★★★
IMPACTO: ★★★☆☆
NARRATIVA: ★★★★★

13 comentários
Postado em 16/05/13 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


13 comentários »
16/05/2013 às 07:36
Visitante assíduo e já deixou 146 comentários.

Oi Brenda.
Eu pretendo conhecer a escrita da Cornelia, fiquei interessada após ver um trecho do filme “Coração de tinta” e pensei sewriamente em começara a ler a série/trilogia, e claro terminar de ver o filme também. XD
Eu achei legal a sinopse, nada muito chamativo no entanto, mas adoro um personagem medroso e irônico que apesar de seus medos segue em busca de resolver seus problemas. E essa garota de cabeça oca aí vai dar a ideia de invocar outro fantasma e o maluco cai na conversa. hahaha
Ao menos seus problemas com o padrasto são postos de lado.
Gostei muito da resenha. E quem sabe futuramente ele não seja a diversão de que preciso. =)
Bj

[Responder]


16/05/2013 às 13:25
Visitante assíduo e já deixou 41 comentários.

Nossa! Que delícia parece ser esse livro! Aliás, essa autora escreve muito bem! O jeito como fala do livro é encantador! Não havia levado os olhos para esse livro ainda. Não sabia do que se tratava. Mas a história é bem bacana. vai valer a pena ler!!

[Responder]


16/05/2013 às 18:19
Visitante assíduo e já deixou 72 comentários.

Já tinha visto esse livro e estava bem curiosa em relação à história….. Apesar de não ser um livro voltado ao público adulto, achei a trama, no geral, bem interessante, mas agora fiquei com um certo pé atras, em razão do comentário que você fez, com relação ao fato de o enredo ser bobo….. Acho que vou procurar por outras resenhas, para avaliar melhor…..

[Responder]


17/05/2013 às 10:10
Visitante assíduo e já deixou 58 comentários.

Sempre vejo as pessoas falando tão bem dos livros da Cornélia que fiquei meio assustada ao ver a sua avaliação do livro, mas lendo a resenha entendo totalmente o que aconteceu com você. Tenho enfrentado isso na leitura de livros teens e isso é realmente frustrante, ver que o livro tinha tudo pra te agradar, mas por algum motivo incerto não agradou. Não li nada da Cornélia mas tenho bastante vontade de ler, principalmente da série Coração de Tinta, Mundo de Tinta etc.

Beijos
Raíssa Lins postado recentemente..Anjo MecânicoMy Profile

[Responder]


17/05/2013 às 18:55
Visitante assíduo e já deixou 117 comentários.

Não tenho vontade de ler esse livro, mas não faço mais lista de compras de livros por problemas de encontro nele, mas também se eu encontrar ele lá na livraria e me der vontade de trazer pra casa, eu levo numa boa. É um enredo bom, e tals. Gosto de todo tipo de gênero, desde que me faça me perder nas páginas, rs. Claro, Brenda, tem os mais requisitados, né, mas… É isso ai :D Espero um dia ter a curiosidade aguaçada para a leitura :)
Beijos e Abraços :*

[Responder]


17/05/2013 às 21:44
Visitante assíduo e já deixou 34 comentários.

Ah eu já havia visto a resenha desse livro em outro blog e me encantei pelo livro, to louca pra ler, pois creio que deve ser uma historia muito legal, e deve ter sido triste para o personagem principal ser abandonado pela mãe em um internato, por causa de um namorado novo, quando os pais arrumam outro namorado é muito chato sei muito bem o que é isso.

[Responder]


18/05/2013 às 02:32
Você já comentou 4 vezes.

Oi, Brenda!
Eu espero que não fique no quase pra mim, pq eu realmente odeio livros assim (mesmo que o livro não seja ruim, como é o caso). É só que eu fico esperando uma coisa que nunca vem – e, como vc disse, pode ser algo totalmente pessoal.

Beijos!

[Responder]


19/05/2013 às 21:19
Visitante assíduo e já deixou 58 comentários.

Oi Brenda,também gostei da resenha,porque é uma ótima dica de livro e já li outros livros da Cornelia e fiquei encantada pela originalidade e criatividade da Autora.
Nossa,Jon vai viver várias aventuras em Salisbury,deve ser emocionante acompanhar a história tem também a parte que Você menciona que tem:amizade, lealdade, coragem e honra…

[Responder]


20/05/2013 às 15:19
Visitante assíduo e já deixou 18 comentários.

eu estava louca para comprar esse livro, mas ele está tão carinho.
Jessyca Laryssa postado recentemente..Promoção: Mimos do Modos LiteráriosMy Profile

[Responder]


23/05/2013 às 14:02
Visitante assíduo e já deixou 223 comentários.

Estive com esse livro nas mãos e não comprei
Não sei o porquê, acabou não me interessando muito. Agora pela resenha, parece ser legal, apesar de não ser um estilo favorito pra mim.
Fernanda Yano postado recentemente..Dane-se a fila, texto de CarpinejarMy Profile

[Responder]


23/05/2013 às 20:53
Visitante assíduo e já deixou 13 comentários.

Pararece ser legal mais nada que came a atenção o que acho bem bonito é a capa pessoalmente que tem esse efeito metalico não é. Talvez mude de ideia depois mais estou na epoca que esse tipo de leitura não me é interresante.
muchachoonline.blogspot.com.br
Zayron D’angelo postado recentemente..The 100: Nova série de livros que séra publicada pela Galera RecordMy Profile

[Responder]


27/05/2013 às 20:47
Visitante assíduo e já deixou 214 comentários.

Parece ser legal, pensando aqui em dá uma chance pra ele…
Apesar que minha lista tá tão grande que pra incluir algum lá tem que ser muito bom mesmo, então nem sei ainda,kkkkk

[Responder]


29/05/2013 às 19:28
Visitante assíduo e já deixou 31 comentários.

Tratando-se da autora, eu realmente daria uma chance para o livro, e talvez, pelas qualidades que você apontou na resenha; Mas devo dizer que agora fiquei dividida. Parte de mim não se interessa muito em lê-lo, talvez quando eu terminar todos os outros que tenho mais urgência, eu o pegue para descobrir suas páginas.

[Responder]