entrevista category image [Entrevista] – Elizabeth Haynes, Autora de No Escuro + Sorteio – Semana de thrillers Intrínseca 10/05/13

Lombadas dos livro da Elizabeth em vários países. Créditos: site da  Elizabeth"

Lombadas dos livro da Elizabeth em vários países. Créditos: site da Elizabeth

elizabeth_094sm

Oi pessoas! Lembram que eu disse de uma novidade incrível que estava por vir? A autora Elizabeth Haynes aceitou dar uma entrevista para o Catavento de ideias! Imaginem o tamanho da minha felicidade quando ela topou. Ela é a autora de No escuro, um thriller assombroso que conta o relato de Cathy, uma mulher que adquiriu TOC depois de ter vivido em um relacionamento doentio. Quem quiser saber mais sobre o livro tem resenha aqui no blog. Realmente vale a pena dar uma conferida!

Essa foi a primeira entrevista que fiz e fico feliz que tenha sido com uma autora tão sensacional como ela. Desde o primeiro contato a Elizabeth foi muito simpática e prestativa. Um doce de pessoa. A autora aclamada em vários países, diga-se de passagem, mora em Kent, no sudoeste da Inglaterra. E entre outras coisas falou um pouco na entrevista como surgiu a ideia do livro, o processo de construção dos personagens e quais autores que mais lhe influenciaram.

Se você ainda não leu o livro confere a sinopse antes de ler a entrevista para ter uma noção maior do detalhes.

No-Escuro

Catherine está no controle de sua vida. Bem-sucedida, sai toda noite para beber e dançar com as amigas, até, que, numa festa, conhece Lee, um homem sedutor e atencioso. Sua vida está perfeita e todas as mulheres gostariam de estar em seu lugar. Ou quase todas.
Quieta e reservada, Cathy luta contra o transtorno obsessivo-compulsivo que torna penosas as tarefas mais simples, como trancar a porta do apartamento. Vulnerável e aterrorizada, ela nem de longe lembra Catherine, a pessoa que costumava ser antes de Lee deixa-la assustadoramente traumatizada.
O que aconteceu para quem Catherine mudasse tanto? Que mémórias a obrigam a seguir um ritual tão rígido para que se sinta segura? E o Cathy faria se descobrisse que Lee está não só em sua mente, mas em sua casa e em sua vida outra vez?

Entrevista

Catavento de ideias – Em seu site você diz que participou de diversos desafios anuais no Nacional Novel Writing Month*, no entanto só o seu rascunho de No escuro em 2008 deu origem a uma história publicada. O que você acha que mudou nesse ano?

Elizabeth – 2008 foi o primeiro ano que a minha história teve um começo, meio e final. Nos dois anos anteriores eu vinha trabalhando em um thriller policial, mas nunca consegui terminá-lo. No Escuro foi a primeira história que pensei “talvez valha a pena editar isso”. Claro que acabou deixando as coisas mais difíceis porque eu nunca havia tentado edição antes – eu começava a trabalhar nos primeiros capítulos do livro e acabava desistindo. Precisava que alguém mais lesse para me dizer quais partes estavam boas e quais ainda precisavam de ajustes.

Agora voltei a uma história que escrevi em 2006 e 2007 e finalmente consegui completa-la – este será o meu quarto livro, Under a Silent Moon, e será publicado no Reino Unido em outubro. Ele serve para mostrar como é importante nunca deixar nada de lado, porque mesmo que eu tenha levado muito tempo para termina-lo, no final deu tudo muito certo.

Todos os meus livros foram escritos durante o National Novel Writing Month – meu segundo livro, Dark Tide (com título britânico, Revenge of the Tide) foi escrito em Novembro de 2010, e Humam Remains foi escrito em Novembro de 2011. Eu acho que agora não consigo escrever de outro jeito.

Nota:*Nacional Novel Writing Month = Desafio anual que ocorre todo mês de novembro (nesse site) e consiste em escrever um livro de no minimo 50.000 palavras em apenas um mês sem se preocupar se a história vai ou não realmente agradar alguém.

Catavento de ideias – Você trabalhou lendo relatos de violência doméstica no seu trabalho como analista de inteligência da polícia e isso claramente influenciou a história. No entanto, como aconteceu o “estalo” para sua decisão de querer escrever sobre isso?

Elizabeth – O que eu realmente queria era escrever sobre como é sentir que ninguém acredita em você, nem mesmo seus amigos mais próximos. Quando você sabe que algo é verdade, mas acaba sendo forçado a duvidar de si mesmo e de sua própria sanidade. A questão do abuso doméstico pareceu se encaixar bem neste tema e quanto mais eu pesquisava e lia, mais importante me parecia contar a história da forma mais correta, deixa-la o mais real possível porque é uma coisa que acontece todos os dias com pessoas do mundo inteiro. Em alguns momentos pareceu errado escrever um livro (que tem o entretenimento como propósito essencial) sobre algo que vem causando tanto sofrimento para pessoas reais, mas eu também me dei conta que poderia dar estas pessoas a oportunidade de desafiar os próprios preconceitos. Como muitas pessoas, eu sempre pensei “por que essas vítimas simplesmente não resolvem partir?” A história de Cathy mostra que simplesmente ir embora não é uma opção realista.”

Catavento de ideias – Catherine é uma personagem brilhantemente bem construída. Você já teve contato com alguém com TOC antes de escrever a história?

Elizabeth – Não, mas eu tenho um amigo(a) muito próximo que sofre ataques de pânico, então é algo em que tenho certa experiência. Também tenho uma amiga que é psicóloga clínica e ela me ajudou a pesquisar sobre o ponto de vista de alguém com TOC.

Catavento de ideias – Como foi o processo para escrever alguém tão complexamente doentio como o Lee?

Elizabeth – Na verdade ele se desenvolveu conforme fui escrevendo. Fiquei surpresa com o quão mau ele acabou se tornando… mas ele claramente teve um passado muito difícil. Acho que as pessoas muitas vezes são vítimas de suas próprias experiências, e Lee é um exemplo disso.

Catavento de ideias – No escuro é sucesso absoluto em diversos países. Você acha que ter o fato de ter escrito como parte de um desafio no NaNoWriMo, longes de pressões editoriais, ajudou no processo de criação do livro?

Elizabeth – Quando eu escrevi No Escuro não fazia ideia que um dia seria publicado, muito menos que seria traduzido em tantos idiomas e faria tanto sucesso. Definitivamente isso me ajudou já que escrevi para mim mesma então não havia pressão. Foi muito mais difícil escrever o segundo e terceiro livro, mas acho que está começando a ficar um pouco mais fácil agora. Eu me dei conta que preciso tentar esquecer que outras pessoas vão ler, e simplesmente escrever por diversão da forma como que sempre fiz e, desta forma, a minha escrita se tornará muito melhor.

É por isso que o NaNoWriMo é tão legal – embora vários livros escritos assim tenham sido publicados, não é exatamente o objetivo principal. Escrever deve ser algo divertido, você deve aproveitar cada minuto do processo, se você não se diverte, o texto não ficará tão bom quanto.

Catavento de ideias – Como escritora quais autores você poderia considerar suas maiores influências?

Elizabeth – O que eu mais gosto é ficção criminal, e poderia citar muitos, muitos autores que amo – mas há três que têm sido grandes influências para mim. Uma delas é Nicci French que sempre experimenta novas formas de narrar e contar uma história. A segunda é Ruth Rendell que é a rainha suprema em ficção psicológica e me fez perceber o quão fascinante é explorar as motivações e comportamento das pessoas e, finalmente, Mo Hayder, que não tem medo de expor de frente a violência em sua escrita, o que é importante para mim porque esconder a violência é injusto com as pessoas que a sofrem na realidade.
                                            

Catavento de ideias – Você poderia deixar um recado para os fãs brasileiros?

Elizabeth – Recentemente eu tenho recebido cumprimentos e mensagens maravilhosas de pessoas do Brasil através do Facebook e do Twitter. Gostaria de me desculpar por minhas terríveis habilidades linguísticas, e deixar um Olá e um Muito obrigada por lerem o meu livro! Por favor, me encontrem online – Me maravilho em saber que as pessoas reservam um tempo para vir falar comigo e aprecio cada comentário e pequeno feedback que recebo.

xx
Para quem quiser encontra-la segue o link do twitter da Elizabeth aqui.
Site oficial e página no Facebook.

Em breve mais dois livros da Elizabeth aqui no Brasil!

E agora em primeira mão uma notícia incrível para vocês. A Elizabeth confirmou que seus outros dois livros Revange of the tide (ou Dark tide no Eua) e Human Remais vão ser publicados no Brasil! Os direitos já foram comprados pela editora Intrínseca.

RotTide-tile

Quer quer um exemplar de no escuro?

E agora quem quiser concorrer a um exemplar do livro basta comentar nessa postagem. A editora Intrínseca gentilmente disponibilizou um exemplar para um sortudo. Mas atenção: só serão válidos comentários com conteúdo. Todos os outros monossilábicos, genéricos ou que não abordem algo referente ao que foi escrito na postagem serão desclassificados. A promoção segue até o dia 31 desse mês. A Elizabeth muito provavelmente vai ler essa postagem então se eu fosse vocês aproveitava para deixar algum recado pra ela!
no escuro

Chance extra: twitte a seguinte frase e deixe mais um comentário com o link do twitter e a frase “Realmente quero ler No Escuro”!

Comentei na Entrevista com a Elizabeth Haynes autora de No escuro e concorro ao exemplar do livro no @cataventoideias http://bit.ly/16ngmrt

Atenção: Você só terá direito a essa chance extra se fizer o primeiro comentário válido antes.

Espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Foi uma grande realização para mim. Queria agradecer a Laura (nossa colunista no blog) e a Duda do Book addict que me ajudaram bastante na tradução. Realmente obrigada meninas. E claro mais uma vez obrigada Elizabeth!

Resultado da promoção!

Vamos então conferir o ganhador?

comentario ganahdor

Parabéns Shadai! Peço que responda o email que enviei em até 3 dias com seus dados para envio.

71 comentários
Postado em 10/05/13 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


71 comentários »
10/05/2013 às 18:55
Visitante assíduo e já deixou 146 comentários.

Oi Brenda, que legal você ter tido a sorte de entrevistar a autora, deve ter ficado eufórica.
Adorei ler a entrevista, não sabia a nacionalidade dela, e achei super demais esse site sem pretensões que ajudou para que ela seguisse em frente e publicasse o livro.
Achei lindas as capas dos próximos livros.
Muito bom que a Intrínseca vai lançar mais dois.
Fico imaginando a alegria para ela em ver pessoas entrando em contato com ela de diversos lugares do mundo.
Quanto ao abandonar um livro para depois de anos reiniciar me lembrou da Agatha Christie que costumava fazer isso, lembro que um ficou abandonado por 9 anos até que ela o retomou.
Ficou demais a entrevista Brenda, parabéns. E eu espero conseguir ler este livro pois desde a sinopse fiquei interessada. A Catehrine passa por uma situação mega complicada hein? Chegar ao ponto de ninguém acreditar nela deve ser doloroso e estressante, imagino a reação do Lee com isto.
Obrigada por estas novidades.
Bj.

[Responder]


10/05/2013 às 18:59
Você já comentou 6 vezes.

Achei ela super simpática, nunca tinha ouvido falar em Nacional Novel Writing Month, mas o processo de participação deve ser muito interessante, escrever só por diversão deve ser uma experiencia muito boa, gostei bastante do modo como ela tratou o assunto de forma séria, até pensando em deixar a história de lado por falar de uma violência tão bárbara, e o envolvimento dela na pesquisa para poder transmitir tudo da melhor forma para os leitores, acho que foi isso que fez da obra dela um sucesso toda a preocupação em passar uma obra realista e que nos emocione parabéns pra Elizabeth afinal ela merece!

[Responder]


10/05/2013 às 19:18
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Adorei a entrevista… gente como ela é simpática…

Sempre tinha visto este livro mas não pensei em quão profundo era o tema abordado… TOC e Violência doméstica são temas muito tensos.

Eu trabalhei em uma Ong que abrigava mulheres que haviam conseguido escapar e denunciar os agressores, mas os danos psicológico eram muitos.

Fiquei muito interessada em ler…

Gostei também desse desafio que vocês citaram… é um enorme incentivo para aqueles que realmente amam escrever…

Parabéns a autora pela dedicação ao livro e a Brenda que foi atras para entrevista-la para que conhecêssemos mais de perto esta autora maravilhosa. Torna o livro mais humano.

bjuss

Fran Alves

[Responder]


10/05/2013 às 19:19
Visitante assíduo e já deixou 146 comentários.

https://twitter.com/dcgasouza/status/332982914960732164

“Realmente quero ler No Escuro”!

[Responder]


10/05/2013 às 19:23
Visitante assíduo e já deixou 64 comentários.

Gente, ela realmente escreveu o livro em um mês, apenas? Fiquei boba de ver, porque não li sequer uma crítica negativa sobre a obra, até agora, e ela me parece bastante densa e complexa.
Eu achei totalmente válido o assunto abordado exatamente pelo fato de poder dar uma chance a quem sofre do problema de encontrar uma forma de apoio, de identificação e, com sucesso, de tentar enfrentá-lo. Ainda, acho ótimo também para quem nunca passou por isso poder compreender melhor que a solução não é uma simples questão de querer ir embora.
Estou cada vez mais curiosa pela leitura e já admiro a autora por ser trabalho, ainda que eu não o tenha lido!
Parabéns pela entrevista, Brendinha, ficou excelente!!
Beijão!
Aione Simões postado recentemente..[Resenha] Louca Para Casar – Madeleine Wickham (Sophie Kinsella)My Profile

[Responder]


10/05/2013 às 19:24
Visitante assíduo e já deixou 64 comentários.

Realmente quero ler No Escuro!

https://twitter.com/mi_simoes/status/332984206978338816
Aione Simões postado recentemente..[Resenha] Louca Para Casar – Madeleine Wickham (Sophie Kinsella)My Profile

[Responder]


10/05/2013 às 20:19
Você já comentou 3 vezes.

Confesso que nunca li nenhum livro dela, mas me interessei bastante depois dessa entrevista!
Além de super simpática adorei o processo criativo dela pra escrever essa obra, da qual já ouvi falar muito bem :)

[Responder]


10/05/2013 às 20:33
Visitante assíduo e já deixou 17 comentários.

Olá Brenda!
Parabéns pela entrevista!
Que bacana ver a interação da autora com os leitores brasileiros!
Realmente ela é uma autora incrível, muito talentosa! Como pode escrever um livro em um mês? só com muita aptidão e inspiração!
Achei super interessante ela ter escrito essa história querendo mostrar e até alertar também mulheres que sofrem de agressão e opressão por seus parceiros e sentem a dor calada, e isso culmina em sequelas, desenvolvendo distúrbios como o TOC, achei super valido a abordagem nesse assunto!
Só pelo pouco que sei da história gostei bastante e estou ansiosa para ler!
Bejos!

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Vanessa, Talento de sobra mesmo. Escrever em um mês é para poucos, mesmo que seja só a base e ainda vá sofrer revisão o roteiro desse livro é incrível, um mês é ridiculamente um prazo pequeno nessa caso. Obrigada pelo comentário e tenho certeza que você vai gostar do livro. Beijão.

[Responder]


10/05/2013 às 20:36
Visitante assíduo e já deixou 17 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!

https://twitter.com/vanessariper/status/333002328451985408

[Responder]


10/05/2013 às 21:54
Você já comentou 5 vezes.

Que legal você ter conseguido uma entrevista com ela, parabéns! Eu não sabia da existência do Nacional Novel Writing Month, pareceu ser muito legal, deu até uma pequena vontade de participar de algo assim! haha ”Acho que as pessoas muitas vezes são vítimas de suas próprias experiências, e Lee é um exemplo disso.” Nossa, concordo demais com isso. Hoje em dia é tanta violência e acabamos julgando demais, e nem sabemos o que aconteceu para pessoa chegar a tal ponto.
Depois dessa entrevista com certeza irei atrás de alguns livros das autoras que ela citou, e pretendo ler No Escuro logo. Elizabeth parece ser uma fofa, que ela aproveite demais o sucesso do livro, e nos presenteie com mais histórias maravilhosas.
Fernanda Passos postado recentemente..Resenha: Finale – Becca FitzpatrickMy Profile

[Responder]


10/05/2013 às 21:58
Você já comentou 5 vezes.

https://twitter.com/ferjalsp/status/333022901852856320
Realmente quero ler No Escuro!
Fernanda Passos postado recentemente..Resenha: Finale – Becca FitzpatrickMy Profile

[Responder]


10/05/2013 às 22:28
Visitante assíduo e já deixou 214 comentários.

Esse livro realmente deve ser muito bom mesmo!!!
Poxa essa entrevista ta muito legal, é muito bom esse tipo de coisa acontecer pois podemos conhecer melhor os autores dos livros que lemos e gostamos.
Parabéns Brendinha!!! Sucesso

[Responder]


11/05/2013 às 11:40
Visitante assíduo e já deixou 11 comentários.

Brenda! Seu blog está incrível! Parabéns ^^
Nossa, queeee oportunidade única, parabéns, tudo isso é fruto do seu empenho!
Todos dizem muito muito bem desse livro e eu já tinha muita vontade de lê-lo!!!!
Parabéns pela entrevista, você merece e i blog também! :DDD

Grande beijo!
E visite o blog, voltei a ativa novamente srsrsrs
Beijos.
Milena, http://divertletras.blogspot.com

[Responder]


11/05/2013 às 11:41
Visitante assíduo e já deixou 11 comentários.

https://twitter.com/divert_letras/status/333230006006325249

[Responder]


11/05/2013 às 12:59
Visitante assíduo e já deixou 75 comentários.

Que demais essa entrevista! Estou doida pra ler esse livro e adorei saber mais da autora, muito legal *-*

[Responder]


11/05/2013 às 20:46
Você já comentou 4 vezes.

Muito legal essa entrevista! Também acredito que não devemos deixar nossos projetos de lado. Que bom que ela concluiu os livros! Adoro suspense e quero ler No escuro.

[Responder]


11/05/2013 às 20:49
Você já comentou 4 vezes.

https://twitter.com/Leila_C_S/status/333367657111883777

Realmente quero ler No Escuro!

[Responder]


11/05/2013 às 21:38
Visitante assíduo e já deixou 146 comentários.

Heey, Brendusha! De nada, amorê, agora desenrola aquela camisa do Chelsea para mim e tá tudo certo… kkkkkkkkkkk
Brinks!
Pode contar comigo sempre! ;)

[Responder]


12/05/2013 às 01:59
Você já comentou 7 vezes.

O estilo desse livro não é o que costumo ler, mas sou psicóloga e qd vi que a personagem sofre de TOC eu já logo fiquei babando para ler e ver como está escrito! Eu adoro sentar os personagens no divã…eu já disse isso pela internet inteira por sinal hahaha!

Mto boa entrevista, é mto legal conhecer um pouco da autora, e por ex. saber que ela consultou uma psicóloga =D

Miquilisssss

[Responder]


12/05/2013 às 02:35
Visitante assíduo e já deixou 80 comentários.

Brenda muito legal a entrevista.
Imagino como deve ser bom ter as perguntas respondidas pelo autor de um livro que nos agrade tanto.
A autora é super simpática neh, ter disponibilizado um tempo para responder suas perguntas. Bom seria se todos fossem assim, acessíveis. Bem bacana esse Nacional Novel Writing Month. E como a autora disse escrever por diversão, sem pressão deve ser realmente melhor.
É bom ler esses thrillers que nos mostram uma realidade que as vezes não conhecemos, não entendemos. Vamos esperar que os outros lançamentos sejam tão bons quanto esse.
E estou torcendo pra ganhar esse livro ;)

[Responder]


12/05/2013 às 02:38
Visitante assíduo e já deixou 80 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!

https://twitter.com/Renata_Kerolin/status/333455684203073537

[Responder]


12/05/2013 às 02:54
Visitante assíduo e já deixou 18 comentários.

ainda não No escuro, mas a entrevista foi ótima…que capa linda essa de Revange of the tide

[Responder]


12/05/2013 às 10:21
Visitante assíduo e já deixou 14 comentários.

A autora é mesmo fantástica! É através dessas entrevistas que conhecemos um pouco mais dos autores, e acho sempre show! Ela escreveu em pouquíssimo tempo mesmo, e sempre admiro esse tipo de autora de suspense/thrillers pq imagino que o autor tem que fazer uma pesquisa e tanto. É muita dedicação! Não sabia que ela tinha escrito como parte de um NaNoWriMo. Muito legal! =)

Beijos!
Lygia postado recentemente..[Resenha + Sorteio] Louca para Casar – Madeleine WickhamMy Profile

[Responder]


12/05/2013 às 10:23
Visitante assíduo e já deixou 14 comentários.

Realmente quero ler No Escuro!

https://twitter.com/BrincandoLivros/status/333572763178651649
Lygia postado recentemente..[Resenha + Sorteio] Louca para Casar – Madeleine WickhamMy Profile

[Responder]


12/05/2013 às 10:26
Você já comentou 6 vezes.

https://twitter.com/Jean_Souza3/status/333573461890985984
Realmente quero ler No Escuro!

[Responder]


12/05/2013 às 12:21
Visitante assíduo e já deixou 58 comentários.

Oi Brenda adorei o post,parabéns!
Essa novidade foi mesmo incrível e foi possível graças à Vc,sua simpatia e trabalho que faz no Blog.
A entrevista está maravilhosa com perguntas claras e objetivas.
Ganhei o livro no seu Blog (a Editora Intrínseca enviou) e fiquei super feliz!!!
O livro estava mesmo sendo disputado,fiquei na curiosidade para ler depois de sua resenha,parabéns novamente pelo sorteio,estou lendo e com certeza é um livro surpreendente,o personagem da Catherine é muito bem construído,Vc consegue imaginar o momento,é como se Vc realmente estivesse lá acompanhando tudo…
Realmente, a Autora se surpreendeu,depois de pesquisas e chegar a um enredo tão profundo, que ótimo Saber que ela trouxe relatos de seu trabalho como Analista de Inteligência da Polícia.
Interessante esse desafio literário, já pensou se existisse no Brasil,muitos talentos seriam descobertos!
Ela teve dificuldades para trabalhar nos primeiros capítulos do livro e acabava desistindo,mas ainda bem que encontrou alguém para ler dar sua opinião e ela continuar até chegar a um livro incrível.
Que boa notícia sobre os próximos livros!
Parabéns por essas novas direções que o Catavento de Ideias está seguindo que continue girando e trazendo muitas novidades para os Seguidores,agradecemos seu carinho e dedicação ao Blog e super simpatia com os Seguidores.
P.S: Que tal se uma das próximas entrevista for com um Autor(a) nacional? Fica a dica!

[Responder]


12/05/2013 às 18:36
Você já comentou 3 vezes.

Realmente quero ler No Escuro!

https://twitter.com/Rodrigo91_/status/333696478679810048

[Responder]


12/05/2013 às 19:04
Visitante assíduo e já deixou 72 comentários.

Inicialmente, gostaria de dizer que adorei a sinopse e a resenha do livro, e que, inobstante ser lamentável a existência desse tipo de violência, é muito bom nos instruirmos sobre ela…. Outro ponto relevante é a existência, no enredo, do TOC. Dessa forma, quando estamos diante de temas tão alheios e distantes de nós, acho que é sempre bem vindo lermos a respeito, pois, é sempre bom sabermos como lidar, ou como começarmos a lidar com tais fatos e problemas, se eles “baterem” a nossa porta, e se não o fizermos, as coisas podem realmente piorar….. Adorei a entrevista e foi muito bom saber que o trabalho efetuado pela escritora foi respaldado por profissionais que entendem do assunto, para que as informações reveladas sejam verossímeis. Além do mais, com entrevistas como essa, sempre acabamos conhecendo um pouco mais a escritora, sua obra, influências, etc…. Parabéns….

[Responder]


13/05/2013 às 08:18
Visitante assíduo e já deixou 110 comentários.

Primeiro quero dizer, Branda, que vc conduziu muito bem a entrevista e fez perguntas inteligentes e relevantes.
O que mais gostei na entrevista com a autora foi perceber como ela se expõe, revelando sua insegurança no processo criativo e desconhecendo seu potencial – até que alguém diga que ela escreve muito bem. Essa insegurança é algo tão próximo de nós, que nas nossas decisões muitas vezes vacilamos. E me senti tão próxima dela por isso!
o livro me interessou demais só pela sinopse e o interesse foi crescendo quando as resenhas muito favoráveis foram aparecendo.
Com certeza quero acompanhar a autora em suas novas publicações, espero que cheguem ao Brasil logo!

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Manu!

Senti sua falta por aqui! Obrigada pelo elogio, eu dei uma pesquisada antes pra que a entrevista ficasse completa e sem soar repetitiva, que bom que deu certo! Pois é eu achei a Elizabeth muito humana e isso aproxima muito a gente, quando trocamos email achei engraçado porque ela disse que era procrastinadora e me pediu pra eu dar um prazo a ela senão ela adiaria a tarefa sem fim. Quer dizer que sou tão assim HAHA. Também to na torcida para a intrínseca não demorar muito. Obrigada pelo comentário <3

[Responder]

Manu Hitz Reply:

Isso me atrapalha tanto na vida tb, rsrs… procrastinação e insegurança, como a autora é humana e próxima de mim, haha. Não é consolador, mas pelo menos sei que devo sonhar mais alto, rsrs… Bjs

[Responder]


13/05/2013 às 08:23
Visitante assíduo e já deixou 110 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!

Tuitei: https://twitter.com/manuhitz/status/333904743300739072

[Responder]


13/05/2013 às 11:39
Visitante assíduo e já deixou 223 comentários.

Oi Brenda!
Que máximo a entrevista com a autora, parabéns!
Eu já estava doida pra ler esse livro e agora fiquei mais ainda :)
Gostei muito da entrevista porque deu pra conhecer um pouco mais dessa autora tão talentosa e também por saber o que vem por trás de um livro e achei super interessante as respostas e curiosidades contatas por ela.
Um assunto tão polêmico, e ela pelo que vi foi bem a fundo, pesquisando e procurando conhecer o outro lado. Quando vimos uma situação assim, realmente o pensamento que vem é porque a vítima não larga tudo de uma vez e pronto e na verdade as coisas não são tão simples assim.
Valeu mesmo a entrevista e a ótima notícia que teremos mais livros vindo por ai.
bjs
Fernanda Yano postado recentemente..Kit Sabonete para o Dia das MãesMy Profile

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Fernanda!
Obrigada, eu realmente adorei fazer a entrevista! E sim sobre esse ponto acho que é inevitável não se perguntar porque as vitimas ficam tão submissas, mas lendo No escuro a gente consegue entender perfeitamente isso. A Elizabeth fez um trabalho maravilhoso nele. Boa sorte no sorteio!

[Responder]


13/05/2013 às 11:42
Visitante assíduo e já deixou 223 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!

https://twitter.com/Fernanda_artes/status/333954880744091648
Fernanda Yano postado recentemente..Kit Sabonete para o Dia das MãesMy Profile

[Responder]


13/05/2013 às 16:04
Visitante assíduo e já deixou 41 comentários.

Ás vezes eu fico realmente espantada com a capacidade de algumas pessoas para se saírem tão bem assim no que faz. Em primeiro lugar gostaria de te parabenizar por ter conseguido esse feito de tê-la entrevistado, e segundo… quantos boons exemplos podemos tirar dessas experiências neh!? Elizabeth Haynes tem uma mente brilhante e eu sou realmente muito fã dessa mulher!!

[Responder]


13/05/2013 às 17:41
Você já comentou 8 vezes.

é bem interessante saber que ela liga tanto pra pessoas co alguns tipos e traumas, TOC por exemplo, eu nunca tinha visto um livro que falasse disso e que não fosse um livro de auto-ajuda ou uma biografia, parabéns!
Gabriela Fontes postado recentemente..Following The Rainbow – Capítulo 4My Profile

[Responder]


14/05/2013 às 16:32
Visitante assíduo e já deixou 26 comentários.

Adorei a entrevista!!
Gostei bastante de ver que suas respostas são grandes e detalhadas – detesto pessoas que economizam nas palavras daauhadudahda
Esse livro é fantástico, estou louca para ler. Cheia de mistérios, o que comigo faz com que eu me prenda no começo ao fim. E pelo jeito, é o estilo dela de escrever né?
Sem contar o que ela nos faz ver através de uma história, pois ela conta fatos – no caso doeças – reais, que acontecem todos os dias e podem acontecer com qualquer um, de uma forma que não nos faça pensar que é uma auto ajuda nem nada, e sim , somente uma história como qualquer outra.

adooreeeeeei !!!

Beijos

[Responder]


14/05/2013 às 23:43
Você já comentou 4 vezes.

Olá, que legal você ter tido a oportunidade de entrevistar a autora. É muito legal quando isso acontece, saber os passos que a autora tomou para escrever esse livro, seus esclarecimentos, esse contato com os leitores é essencial. Eu a achei muito simpática, ela soube ser atenciosa e dar informações sem revelar muito sobre o livro. Achei muito interessante a temática e como ela abordou o assunto, principalmente quando ela diz que é um assunto que ultrapassa as barreiras do preconceito. Adorei a forma que a entrevista se desenrolou, e estou muito ansiosa para ler o livro, percebe-se que é um livro que nos prende.

[Responder]


14/05/2013 às 23:46
Você já comentou 4 vezes.

“Realmente quero ler No Escuro”!

https://twitter.com/stehremohi/status/334499614906544128

[Responder]


15/05/2013 às 09:31
Visitante assíduo e já deixou 30 comentários.

Gostei muito de saber um pouco mais dessa autora que não conhecia, parabéns em ter feito essa entrevista.
Gostei de saber um pouco mais dessa história que apesar de ser aterrorizante pra mim quero ler.
https://twitter.com/Cristiane_o35/status/334646781126275073

[Responder]


15/05/2013 às 09:35
Visitante assíduo e já deixou 30 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!

[Responder]


15/05/2013 às 19:41
Visitante assíduo e já deixou 27 comentários.

Super legal a entrevista com a autora, descobri que o que ela mais gosta é ficção criminal é exatamente o que eu mais gosto de ler. Fiquei também surpresa pelo fato de ela ter escrito um livro que tem recebido críticas e resenhas tão positivas em um espaço de tempo tão curto, achei a autora muito simpática e aberta. Boa iniciativa para conhecermos melhor essa nova autora de tanto talento.

[Responder]


15/05/2013 às 19:44
Visitante assíduo e já deixou 27 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!
https://twitter.com/mcrisaragao/status/334800611461701634

[Responder]


15/05/2013 às 23:45
Visitante assíduo e já deixou 41 comentários.

Realmente gostei da entrevista e das palavras da autora. Estava (e ainda estou) muito curiosa em relação ao livro, mas não tinha ideia de como a história tinha sido pensada, elaborada e publicada.
Acho que o mais bacana é ver que nem sempre os bons autores conseguem escrever logo de cara. É preciso persistência e talvez até estar no “momento certo”. É uma inspiração.
Também achei bacana ela inserir no livro aspectos relacionados aos seus questionamentos (como a questão da reação das vítimas de abusos domésticos) e acontecimentos da vida pessoal (como o amigo com ataques de pânico). Com certeza estas coisas enriquecem a história.

obs: Espero ter a sorte de ganhar o exemplar, porque realmente estou ansiosa para ler!

bjs

[Responder]


16/05/2013 às 19:47
Visitante assíduo e já deixou 62 comentários.

Oi Brenda. O que mais gostei na entrevista foi saber como ela chegou ao produto final. Penso que para um autor é muito difícil ter um Start para uma obra. Ainda não li esse livro, mas acho o tema super válido e claro que estou curiosa. Violência doméstica foi um assunto tratado em Um Porto Seguro também e tem que ser mostrado na literatura como um aviso de utilidade pública.

Beijos.
Aline Gonçalves postado recentemente..Novidades da Bienal do RioMy Profile

[Responder]


17/05/2013 às 18:58
Visitante assíduo e já deixou 117 comentários.

https://twitter.com/russara_/status/335513993273806848

“Realmente quero ler No Escuro”!

Adorei sua simpatia, Elizabeth (: sucesso com as próximas edição (:

[Responder]


17/05/2013 às 22:42
Visitante assíduo e já deixou 34 comentários.

Muito interessante a entrevista eu não não conhecia a autora e nem seu livro, mas me parece que é uma historia muito interessante e que deve valer muito apena a leitura e eu to super curiosa pra saber o que o carinha que Cathy conheceu fez pra ela ficar apavorada eu preciso ler esse livro.

[Responder]


17/05/2013 às 22:43
Visitante assíduo e já deixou 34 comentários.

https://twitter.com/miilarosa/status/335570618143625218
“Realmente quero ler No Escuro”!

[Responder]


18/05/2013 às 00:40
Visitante assíduo e já deixou 40 comentários.

Nunca li nada dessa autora, mas fiquei muito curioso para ler este livro. Pela entrevista parece ser bastante interessante, um ótimo tema, adoro coisas “doidas psicológicas”.

[Responder]


19/05/2013 às 15:38
Você já comentou 4 vezes.

Como ele foi símpatica durante toda entrevista, Fiquei muito surpreso quando soube que o livro foi escrito em apenas um mês, porque por se tratar de Uma estória tão complexa como No Escuro aparenta ser, eu tinha certeza que ele foi escrito em um tempo maior. Que legal que a intrínseca já comprou o direito dos outros livros da autora.

[Responder]


19/05/2013 às 15:41
Você já comentou 4 vezes.

https://twitter.com/alex_matias1/status/336189298305007616

“Realmente quero ler No Escuro”!

[Responder]


21/05/2013 às 17:36
Visitante assíduo e já deixou 10 comentários.

Que entrevista maravilhosa, adorei saber como ela criou as suas histórias, em que ela se baseou para fazer um personagem com TOC e o que achei bem legal também foi ela ter voltado a escrever um livro que já estava esquecido há um tempo. Parabéns pela belíssimo post!
Agora vou torcer muito para ganhar esse o livro da Elizabeth Haynes :)
Beijinhos
Renata
http://www.escutaessa.blogspot.com.br/
http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
@blogescutaessa
Renata (do blog Escuta Essa) postado recentemente..Lançamentos Literários – HarlequinMy Profile

[Responder]


21/05/2013 às 17:42
Visitante assíduo e já deixou 10 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!
https://twitter.com/blogescutaessa/status/336944686637920257

Beijinhos
Renata
http://www.escutaessa.blogspot.com.br/
http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
@blogescutaessa
Renata (do blog Escuta Essa) postado recentemente..Lançamentos Literários – HarlequinMy Profile

[Responder]


21/05/2013 às 22:58
Visitante assíduo e já deixou 11 comentários.

Nossa, que entrevista hein, Brenda!? Meus parabéns por consegui-la!!

Elizabeth é muito simpática, Humilde… Nossa, escrever um livro como No Escuro em um mês, mesmo que seja só a base, não é pra qualquer um!!
Estou louca para conhecer seus outros trabalhos!!

Aqueles que sonham em escrever um livro algum dia deveriam seguir o exemplo da Elizabeth, escrever por diversão e tentar esquecer que outras pessoas vão ler, assim, a escrita se tornará muito melhor.

[Responder]


21/05/2013 às 23:02
Visitante assíduo e já deixou 11 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!

https://twitter.com/ElidianeAL/status/337025287218941952

[Responder]


22/05/2013 às 23:17
Você já comentou 7 vezes.

https://twitter.com/cacau_bazilio/status/337391064665186305

Realmente quero ler No Escuro!

Ameei a entrevista *-*

[Responder]


23/05/2013 às 14:42
Visitante assíduo e já deixou 21 comentários.

“Quando eu escrevi No Escuro não fazia ideia que um dia seria publicado” – Estranho ler isso depois de ter lido tantas resenhas sobre o livro e muitas dizendo que é um dos melhores que já leram, hehe. Eu já fiquei muito curiosa pra ler esse livro, por ser do meu gênero preferido e principalmente pelos elogios que eu tenho lido em relação a ele o que eu estranhei, já que é de uma autora que eu nunca tinha ouvido falar antes. Muito bom poder saber mais sobre ela e conhecer um pouco do processo de criação desse livro, que deve ser ótimo. Muito legal o blog ter conseguido essa entrevista, gostei muito. =D

[Responder]


23/05/2013 às 14:43
Visitante assíduo e já deixou 21 comentários.

Realmente quero ler No Escuro!

https://twitter.com/Taih22/status/337622254017986560

[Responder]


23/05/2013 às 21:02
Visitante assíduo e já deixou 13 comentários.

A entrevista é incrível, e estou louco para ler este livro adoro livros em relação a triller deixam a pessoa a cada página louco para saber o final. Fiquei muito feliz em saber que a editora intríseca irá publicar mais 2 livros da autora.
muchachoonline.blogspot.com.br
Zayron D’angelo postado recentemente..The 100: Nova série de livros que séra publicada pela Galera RecordMy Profile

[Responder]


24/05/2013 às 00:13
Você já comentou 5 vezes.

Nossa,ela é muito simpática !
Ela escreveu o livro em um mês ?!! Que rápido !
Estou muito interessada em ler No Escuro,está na lista de desejados *-*

[Responder]


24/05/2013 às 14:05
Você já comentou 3 vezes.

Nem li o livro e já me deu um medinho básico em relação ao Lee.
Apesar de nunca ter me aventurado a escrever, concordo com a Elizabeth quando ela fala que “escrever deve ser algo divertido, você deve aproveitar cada minuto do processo, se você não se diverte, o texto não ficará tão bom quanto”, imagino que a linha de pensamento é a mesma da leitura: “sem diversão não tem sentido”.

Entrevista incrível! Espero outras no mesmo nivel.
Bruna postado recentemente..Resenha: Não conte a ninguém – Harlan CobenMy Profile

[Responder]


24/05/2013 às 20:06
Você já comentou 8 vezes.

“Realmente quero ler No Escuro”!
https://twitter.com/GabiSilvaFontes/status/338068024617754624

ps: tem um comentário meu anterior!
Gabriela Fontes postado recentemente..They Don’t Know About Us – cap 36 – 3º temporadaMy Profile

[Responder]


25/05/2013 às 00:11
Visitante assíduo e já deixou 40 comentários.

“Realmente quero ler No Escuro”!

https://twitter.com/DgradationTrip/status/338129466805063681

[Responder]


25/05/2013 às 05:11
Você já comentou 5 vezes.

Realmente quero ler No Escuro!
https://twitter.com/Babyhstc/status/338204562659880960

[Responder]


25/05/2013 às 05:11
Você já comentou 5 vezes.

Realmente quero ler No Escuro!
https://twitter.com/Babyhstc/status/338204562659880960

[Responder]


25/05/2013 às 17:44
Visitante assíduo e já deixou 14 comentários.

UAU, Brenda!
Gostei bastante da entrevista, mesmo tendo pulado as partes que eu achei que entregariam um pouco da história (tenho certo “toc” e só consigo ler algo referente a um livro depois de lê-lo). Achei a entrevista muito bem feita e adorei o carinho que você teve para produzi-la e também traduzi-la para os leitores. Seu trabalho no blog é muito caprichoso, adoro isso.
Ah, vi seu último vídeo e esse livro me pegou, estou ansiosa para lê-lo! Quem sabe eu não ganho a sorteio e já começo asap? hahhaa
bjs mil,
lu
bananapirata.com
luana postado recentemente..A TurmaMy Profile

[Responder]


26/05/2013 às 20:29
Visitante assíduo e já deixou 25 comentários.

Gostei da autora na entrevista, ela parece ser uma ótima pessoa, bem dedicada e inteligente. Inteligente mesmo, claro. Olha o exemplo: Este livro! Achei super bacana ela falar de assuntos assim tão deixados de lado, por parte da maioria, bem maioria. O livro é muito interessante, ainda mais por haver esse suspense, que sempre nos surpreende no final, não é verdade? Estava participando de promoções dele e não consegui ganhar, vim aqui no blog e achei a promoção, queria muito esse livro. Quando assisto Glee lembro do livro rs, por causa da Emma. Contudo, a elaboração do livro dela é bem fascinante também, ela teve todas suas pesquisas fundamentais, pesquisou coisas parecidas com o TOC, tipo o amigo dela com Pânico e colocou isso no TOc, achei muito legal!

[Responder]


26/05/2013 às 20:32
Visitante assíduo e já deixou 25 comentários.

Realmente quero ler No Escuro!

https://twitter.com/RodrigooLessa/status/338799346604716032

[Responder]


31/05/2013 às 22:02
Visitante assíduo e já deixou 45 comentários.

Muito legal a entrevista.

Mais curioso do que nunca para ler o livro, amo livros que abordam “problemas” psicológicos e seu desenrolar, quase nunca me decepcionam… E saber que ela procurou uma amiga psicóloga para conversar sobre o assunto abordado TOC, me dá uma esperança que algum dia uma pessoa que quer escrever um livro me procure no meu consultório (pode ser vc, Brenda!) kkkkkk

Serio, mesmo dedos cruzados na promoção

Curioso e ansioso pela leitura

[Responder]