inspiracao-literaria category image livro category image Inspiração literária #9 – Cinquenta tons de…. complicação 17/08/12

Inspiração literária é uma coluna quinzenal que une livros e moda, cultura pop e tendências, palavras e imagem. Ela traz personagens e universos dos livros para o contexto da moda atual.

Olá, pessoas! O post de hoje vai ser um tantinho diferente.

Eu estava certa de escrever sobre o livro Anna e o Beijo Francês na coluna Inspiração Literária de hoje, porém algo que só pode ser descrito como um fenômeno (para melhor ou para pior) nos atingiu em cheio aqui no blog. Depois de conversar algumas vezes, decidimos que seria “interessante” se eu falasse sobre este livro assumindo uma postura menos profissional rígida de moda e mais leitora dotada de sentimentos. E, esse fenômeno se chama Cinquenta Tons de Cinza, de E. L. James.

Acredito que a maioria já ouviu pelo menos alguns comentários sobre esta obra que teve como inspiração a querida Saga Crepúsculo, da querida Stephenie Meyer. Para quem não conhece a história toda, é o seguinte: E. L. James escreveu uma fanfic (Master of the Universe) baseada no casal Edward e Bella da Saga Crepúsculo, fanfic essa que foi muito bem aceita pelo público e terminou gerando certo prestígio para a autora. Algum tempo depois, surgiu a trilogia Cinquenta Tons (de Cinza, Cinquenta Tons Mais Escuros e Cinquenta Tons Liberdade) como uma história nova e independente, mas ainda dentro nos moldes do romance “Edward-Bellaniano” (por favor, vamos guardar Crepúsculo porque ainda vamos falar um pouco disso).

Acontece que 50Tons (como eu vou chamá-lo a partir de agora) foi forte o suficiente para popularizar um tipo de literatura que, apesar de sempre ter existido, era até então lido quase que às escondidas (principalmente pelos mais jovens) por toda sorte de leitores mundo afora, e mantido à margem dos holofotes. É um tipo de erotismo leve, apelidado de “pornô para mamães”.

Bem, agora que vocês já sabem do que se trata, têm duas opções: 1) clicar no botão “extra” a seguir e ler minhas observações pessoais sobre esta obra; ou 2) seguir lendo a boa e velha Inspiração Literária de sempre.

Início do extra

A verdade nua e crua é que eu não estava minimamente interessada em ler esse livro mesmo com todos os comentários e burburinhos. Porém a vida é engraçada e terminei com um exemplar em mãos. Como cabeça vazia é oficina do diabo, comecei a ler… Parei na página 20 e com vontade de esfregar meu cérebro no asfalto quente. Sério.

“Gente, por favor, Crepúsculo eu li em 2008!”, esse foi meu pensamento na hora. Depois de mais um tempo, comecei a notar um número cada vez maior de mulheres mais velhas e meninas muito mais novas lendo esse livro e amando-o e clamando-o como uma “linda e perfeita estória de amor”. Como? Peguei o livro novamente e recomecei. E minha reação quando acabei foi algo parecido com isso:

Além dessa primeira reação, fui preenchida por um transtorno, por uma espécie bizarra de revolta. Não vi nenhuma estória linda e perfeita de amor, só uma estória doentia. Já no início há uma boa parte (boa parte mesmo) dos personagens totalmente moldada a partir de uma psique essencial criada por Stephenie Meyer: a mocinha deslocada e que se imagina totalmente sem graça e desajeitada, o melhor amigo bonitão que nutre sentimentos demais, o homem lindo, perfeito, esquisito misterioso e milionário, entre outros. Certo, tudo bem, já estava preparada para isso. Entretanto as coisas vão enveredando por caminhos que me deixam cada vez mais e mais preocupada e até certo ponto horrorizada.

Não tem nada a ver com o sexo sado masoquista, até porque no livro o sexo não é tão insano e chocante quanto algumas sinopses apontam e, afinal, esse tipo de preferência não é da conta de ninguém. O que me deixou de fato chocada foi a intensidade e o embasamento do relacionamento entre os dois personagens centrais Anastasia Steele e Christian Grey.

Como, e em que universo paralelo, uma mulher de vinte e um anos, recém formada e prestes a estabelecer uma carreira, se apaixona perdidamente por um multi-milionário intimidante e arrogante em menos de uma hora? Em menos de uma hora. Depois de terem trocado apenas algumas poucas palavras sobre assuntos completamente banais? Como é possível em uma semana se formar um sentimento de dependência física e emocional capaz de devastar a vida de uma pessoa e mudar o cotidiano, os princípios e as verdades dela?

Ok. Pode acontecer, você eventualmente conhece alguém e fica balançada(o) e até pode se encontrar com essa pessoa algumas vezes e tentar construir um relacionamento. Mas por favor, tentem acompanhar meu pensamento: seres humanos (até onde eu sei) são animais racionais. Nós somos dotados dessa capacidade de julgamento e discernimento que nos torna aptos a tomar decisões racionais para o nosso futuro e pesar o que é saudável para nós. Certamente deve haver alguma parte no cérebro humano capaz de indicar até que ponto é saudável se entregar a um relacionamento com uma pessoa que você mal conhece. Anastasia Steele, muito provavelmente não usa essa parte do cérebro. Quando li 50Tons, logo nas primeiras cenas de Anastasia e Christian eu já visualizava a situação como “Se fosse comigo, terminaríamos numa delegacia. Fim do livro.”

Claramente não era comigo. Então, sendo justa com a protagonista, vou esclarecer aqui que o livro se passa em primeira pessoa, então é possível notar as dúvidas de Ana e suas inseguranças. Muitas vezes ela se questiona quanto à dimensão de seus sentimentos e suas reais vontades. Essas são as melhores passagens para mim.

No entanto o que tragicamente delineia as decisões de Ana na maioria das vezes é justamente o que me deixa doente em relação às tomadas de decisão de Bella Swan em Crepúsculo: sexo. Sendo em Stephenie Meyer o sexo (a promessa deste, as premilinares ou o simples efeito de estimulante sexual que Edward em Bella) a moeda corrente nas barganhas entre Bella e Edward, em E. L. James a prática do sexo é o alfa e o ômega de qualquer interação entre Ana e Christian. Quando Ana não está silenciosamente se contorcendo de desejo, o casal ou está praticando sexo, ou falando sobre sexo, ou discutindo sobre como fazer sexo. É um livro previamente rotulado de erótico, então esse comportamento já era de se esperar. Mas volto a perguntar aqui para aqueles que acharam um romance lindo: um relacionamento baseado exclusivamente em sexo, desejo sexual e onde todas as decisões são influenciadas pelo poder sexual que um exerce sobre o outro pode ser chamada de “linda e perfeita estória de amor”? Desculpem, mas para mim não.

Isso sem falar das vezes em que Christian ainda consegue ir mais baixo e usar bebida alcoólica para animar Ana e ameaças veladas para convencê-la a fazer exatamente o que ele quer. E, claro, aqueles momentos fantásticos e estimulantes em que ele obriga a namorada (???) a aceitar todos os seus presentes caros e seu dinheiro inesgotável (assim como outro personagem de ficção muito conhecido nosso “Só estou de dando este carro extremamente caro para sua segurança”). Não vou falar do contrato de submissão aqui. Recuso-me.

Aí surge outra pergunta: porque esses mocinhos têm de ser invariavelmente milionários e as mocinhas completamente falidas? Não que eu esteja falando aqui em sexo frágil ou que as mulheres só servem para serem retiradas da rua da amargura e irem servir sexualmente os homens lindos e perfeitos e atléticos e sexualmente irresistíveis, nem nada. É só uma perguntinha inocente.

E depois de tanto mimimi, não sei se por causa da minha falta de paciência ou inexperiência nesse gênero, lá para metade do livro eu já estava encarando as cenas de sexo assim:

”Céus, de novo não. Compra um X-Box para esse cara. Vão tomar uns bons drink, vão rezar um terço, jogar dominó… Sei lá!”

Enfim, o que eu tenho a dizer a vocês, é o seguinte: Cinquenta Tons de Cinza é um livro interessante para quem quiser uma leitura mais apimentada e descompromissada. E, mesmo que na minha acidez eu tenha deixado transparecer alguma antipatia por Stephenie Meyer, não é assim… Ela é uma mulher inteligente e sagaz na hora de escrever uma estória (tanto que está onde está hoje). Mas nunca ninguém vai me convencer que 50Tons é uma estória de amor linda, ou que E. L. James é a nova revelação do mundo literário. (Até porque “se inspirar” assim em uma série de sucesso mundial qualquer um consegue). E adoraria pedir, para quem já leu/for ler, principalmente o público mais novinho, por favor leiam as entrelinhas.

Outra coisa que não me saí da cabeça é o fato que se o livro fosse escrito por um homem provavelmente seria rotulado de machista e agressivo, seria queimado em praça pública pelo Femem e criticado pela Oprah. Porém como foi uma mulher quem escreveu a reação é “Oh… Tudo bem é revolução feminista!” Mesmo? Assim como em Crepúsculo Bella é uma menina totalmente madura para a idade mas que toma todas as decisões de qualquer garota de 14 anos e independente que não consegue passar nem 24 horas longe do namoradinho, se não o mundo acaba. Analisando por esse lado, realmente faz todo sentido.

P.s.: Eu sei que parece que eu detesto Crepúsculo, mas na verdade eu curto os livros da tia Stephenie. Só acho que nós devemos tentar interpretar as situações nos livros antes de tomar tudo o que está escrito como certo. Principalmente em livros escritos na primeira pessoa, onde os acontecimentos costumam ser vistos sob uma penumbra de sentimentos extremos. Só isso.

Ok, agora voltem a programação normal da coluna! ;]

Fim do extra

Para a inspiração desta semana pegamos Anastasia Steele, ou simplesmente Ana, protagonista e narradora do romance: Ana é uma jovem insegura, inocente e honesta. Além de dedicada e gentil. Tudo bem, vou ser honesta aqui, ela é vulnerável e sem muita vontade.

Todas essas características poderiam sugerir um estilo apenas romântico, mas James surpreende um pouco. O estilo pessoal de Ana não pode ser limitado ao romântico. Uma vez que ela sempre apresenta notas de praticidade e conforto, além de demonstrar um desejo por tudo que é boêmio e criativo. Logo o estilo dela pode ser algo mais ou menos assim:

Talvez o que “trave” o estilo de Ana seja a falta de segurança e de traquejo na hora de se vestir, muitas vezes ela recorre ao guarda roupa da sua melhor amiga Kate e confia suas produções a ela. Por isso muitas vezes Ana termina usando roupas mais simples do que realmente gosta.
O look de hoje é retirado da estória, mas eu terminei fazendo uma proposta mais “minha” dele:

O vestido de cor ameixa é citado no primeiro livro pelo menos duas vezes. Aqui está combinado com sapatos pretos simples e uma bolsa do tipo envelope também preta, ambos são de textura semelhante à camurça para contrastar com o toque acetinado do vestido. Optei também por usar apenas brincos longos e eliminar um possível colar, a fim de deixar que o próprio decote valorize o colo.

O mesmo vestido também aparece no início do segundo livro (Cinquenta Tons Mais Escuros, com lançamento em português brasileiro previsto para setembro), desta vez sendo usado com botas. Neste modelo de vestido da imagem essa combinação já não funcionaria tão bem, uma vez que ele é de tecido acetinado e brilhante; para ser usado com botas de cano alto e saltos altos o vestido deve ser preferivelmente de um tecido menos formal e menos sensual, senão o risco de ficar vulgar é enorme.

Em tempo, um detalhe interessante sobre o tal vestido ameixa no livro é que esta simples peça de roupa sempre causa efeitos satisfatórios nos personagens do sexo masculino, principalmente no multimilionário e mocinho (?) da trama Christian Grey.

O que acharam?

Agora vou deixar vocês com um musical engraçadíssimo e não oficial feito em homenagem à Cinquenta Tons de Cinza:

Até a próxima.

38 comentários
Postado em 17/08/12 por Laura Abdon



Laura Abdon
21 anos, designer de moda e futura administradora. Leitora de gosto extravagante e crítica além da conta. Tenta não ser muito ácida, nem sempre consegue. Quinzenalmente na coluna Inspiração Literária, acha bem bizarro escrever sobre si na terceira pessoa.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


38 comentários »
18/08/2012 às 00:27
Visitante assíduo e já deixou 10 comentários.

Gostei bastante da sua combinação de vestido ameixa, entretanto me encantei com o primeiro look *__* aquele lenço super estiloso!

Extra:
Eu não estou com a mínima mas a mínima vontade de ler 50tons.
Acho que esse sucesso é muito forçado, como você disse, um romance de tema erótico que estoura agora, sendo que já existia há tempos outros melhores e bem escritos!
Sem contar que pela cara que você fez nas cenas de sexo a autora não soube explorar a história que tinha em mãos.
Enfim, uma leitura que não me atrai nem um pouco
:)
Francielle Lima postado recentemente..O furo do barcoMy Profile

[Responder]

Lauraabdon Reply:

Oi Francielle,
O primeiro look também é meu preferido. Ele é meio como a Ana gostaria de ser… mas neah. kkkkk
haha, minhas caras nas cenas mais fortes foram bem aquilo mesmo, quer dizer, faltou senso de oportunidade, as coisas aconteciam do nada! No finalzinho mesmo eu já tava gargalhando.
Beijo.

[Responder]


18/08/2012 às 01:01
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Oi Brenda, primeiro adorei o blog serio mesmo parabéns!
Riiiiiii demais com esse post kkkkkkkk muito bom..pq veja bem…
Eu quando sair da aula hoje fui na casa de uma amiga minha a gente tava falando sobre livros, ate mostrei o teu blog pra ela e ela disse q tinha quase certeza ja ter visto :] ) comentei o mesmo que te falei na aula que tava precisando de um livro legal e perguntei a ela o q ela tinha lido ultimamente e tcharam….eis que foi 50tons e ela ficou me falando horas sobre o livro, disse q ela só terminou de ler pq nao gosta de deixar nada pela metade e muitas das coisas que você comentou aqui ela me disse na nossa conversa kkkkkkkkkkkkkkk conhecidencia em? acabei de baixar o livro pra ver de perto esse “fenômeno” apesar de que eu não sei se estou mesmo com vontade de ler essa ‘bizarrice’.
bem é isso ^^ .
bjo.

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Amanda! Que ótimo que curtiu o blog \o/
A coluna quem fez não foi eu e sim a Laura, minha amiga e colunista do blog!
Assim como você também to querendo muito ler o livro pra conferir de perto haha.
Beijoo!!

[Responder]


18/08/2012 às 08:33
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Compra um X-Box pra ele, eu ri UAHSUAHS Apesar de tudo, ainda vou acabar lendo esse livro só pra saber o que eu acharei. Sério, o pessoal fala muito e eu vou acabar lendo. Enfim, se eu não gostar, pelo menos posso falar mal sem ter peso na consciência, pelo menos eu li AUSHAUHSAU Adorei o post :) Adorei o look, muito bonito, gostei.

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing
Vanessa postado recentemente..A Culpa é das Estrelas – John Green.My Profile

[Responder]

Lauraabdon Reply:

Pois é, Vanessa. Vale a penar ler, para ter argumento. E é aquilo que eu disse, não é de todo um livro péssimo, acho que falta bom senso na hora de interpretar… Só isso.
Se você ler o livro, me diz depois sobre o vestido ameixa! ;)
Beeijo.

[Responder]


18/08/2012 às 09:40
Visitante assíduo e já deixou 146 comentários.

Bom eu prefiro o segundo look…. pq não gosto estampas e odeio esse lenço na cabeça… sei lá, mega estranho para mim… XD
Funciona para outras pessoas claro, mas falando de mim não usaria… o vestido ameixa é bonito, só optaria por algo sem muito decote…
Achei graça nisso pq pelo visto Ana não se incomoda em repetir roupa… (eu tb não)

[Responder]

Lauraabdon Reply:

Oi, Danielle.
Ana vive repetindo roupas. Mas esse vestido ameixa causa muito, visse. Sempre que ela usa, dá babado. Queria vê-lo na vida real para ver como é.
E, como já dizia Glorinha Kalil: “Repetir roupa é chic.”
Também sou adepta dessa prática.
Beeijo.

[Responder]


18/08/2012 às 11:35
Visitante assíduo e já deixou 20 comentários.

Não tenho a menor vontade de ler esse livro, não consigo entender toda essa agitação por causa desse livro. Concordo totalmente que esse não é uma história de amor nem aqui, nem na china. Enfim sobre a inspiração literária gostei muito do vestido cor de ameixa é bem bonito.

Beijos :)
Raquel Gomes postado recentemente..Comentando o Filme: 12 HorasMy Profile

[Responder]

Lauraabdon Reply:

Oi, Raquel
Que bom que você gostou do look. : )
Beeijo.

[Responder]


18/08/2012 às 12:04
Visitante assíduo e já deixou 50 comentários.

Chorrei de rir com “Cinquenta tons de … complicação…kkkkkkk
Muito bom de novo, adoreeeeiii. Muito bem elaborado e divertido.
O vestido de cor ameixa ficou muito perfeito com o sapato e a bolsa.
beijos

[Responder]

Lauraabdon Reply:

Oi, Elis!
Ficou uma combinação super simples, mas deu certo, né?
Obrigada.
Beeijo

[Responder]


18/08/2012 às 19:30
Você já comentou 9 vezes.

Ola!!
Adorei este estilo da Ana, principalmente esse look com o vestido ameixa é muito lindo, agora com botas concordo com vc deve ficar muito vulgar que essa deve ser a proposta do livro tb. rsrsrsrrs Esses vídeos são divertidíssimo ri muito!!!!
Bjos
Danielly Wanessa postado recentemente..Resenha: Viva Para ContarMy Profile

[Responder]

Lauraabdon Reply:

Hey, Danielly.
Realmente este vestido com botas é uma combinação explosiva! kkk
Beeijo.

[Responder]


18/08/2012 às 21:05
Visitante assíduo e já deixou 214 comentários.

Gosto do tipo como falam as coisas, com críticas e humor, ainda bem que nem senti vontade de ler, ainda mais agora,kkkk

[Responder]

Lauraabdon Reply:

Oi, Camilla!
Tem que rir mesmo, porque esse foi uma das leitura mais, mais… diferentes (??) da minha vida! kkkkk
Obrigada pela visita! ;D

[Responder]


20/08/2012 às 09:47
Visitante assíduo e já deixou 28 comentários.

Tô doida para ler esse livro e tal, mas só vou comprar quando sair os outros dois, se não pagarei muito mais caro por eles!
Thamy postado recentemente..O que aconteceu com o amor?My Profile

[Responder]


20/08/2012 às 11:07
Visitante assíduo e já deixou 26 comentários.

Oiii… Nossa, morri de rir aqui! Claro que li seus extras e senhor… Não sabia que a coisa chegava nesse nível, rs. Eu já queria ler mais por curiosidade mesmo, já tendo a certeza de que não seria uma leitura que acrescentaria grandes coisas pra mim. Mas assim como Crepúsculo não acrescentou e eu curti bastante, achava que pelo menos ia ser uma boa leitura… Eu PRECISO ler pra tirar minhas conclusões, isso eu tenho certeza, mas agora sei que vou rir e pensar”omg, da onde essa mulher tirou isso?” do que realmente curtir a leitura em todos ose sentidos, rs.
Amei o look com o vestido ameixa, é lindo! *-*

Beijos, Nanda

[Responder]


20/08/2012 às 15:02
Visitante assíduo e já deixou 58 comentários.

Gostei muito dessa nova “versão” do Inspiração literária, comentando um pouco mais do livro e tudo o mais. Não tenho muita vontade de ler esse livro, na verdade eu já achava Edward Cullen dominador demais e Bella muito indefesa, então essa versão potencializada não deve me agradar muito. Mas gostei muito do look, principalmente do sapato e da bolsa. Lindos mesmo :)
Raíssa postado recentemente..Branco é Para MagiaMy Profile

[Responder]


21/08/2012 às 00:13
Você já comentou 6 vezes.

Oi.. amei a matéria! O vestido é realmente lindo digno de impressionar qualquer homem, até o ‘estranho’ sr Grey, Li o livro e realmente detestei! Mas a matéria aqui ficou ótima!

[Responder]


21/08/2012 às 08:52
Visitante assíduo e já deixou 18 comentários.

Estou sonhando com este vestido ameixa e com o sapato preto também!Nao me interessei em ler Cinquenta Tons de Cinza,pois não faz meu estilo de leitura.
Bjs

[Responder]


21/08/2012 às 09:42
Visitante assíduo e já deixou 15 comentários.

adorei a Inspiração Literária de 50Tons :)
eu ainda não li, embora esteja com muita vontade, mas adorei a descrição da Ana e dos looks apontados por Laura. Gostei muito mesmo e só me deixou mais afim de ler kk :*

[Responder]


21/08/2012 às 23:08
Visitante assíduo e já deixou 49 comentários.

Olá Brenda, amei a inspiração literária da vez… principalmente a tiara e as pulseiras no entanto o que mais achei engraçado foi o vídeo do dia das mães da Amazon kkkkkkk… nossa eu ri litros aqui. beijos :*

[Responder]


22/08/2012 às 19:20
Visitante assíduo e já deixou 19 comentários.

Amei o extra, hehehehe.
Tu não é a primeira pessoa que eu vejo falar assim desta ‘brilhante obra literária’, hahaha
Não li o livro, mas tenho grandes chances de ter a mesma opinião que a sua. Vou ler,um dia se alguém me emprestar, ou se ele me custar 9,90… Mas lerei, só para poder dizer ‘eu nao julguei sem ler”

[Responder]


23/08/2012 às 17:52
Visitante assíduo e já deixou 43 comentários.

Adorei o look’
O vestido da primeira foto e as pulseiras está lindo!
O segundo vestido estar super elegante,apesar de não fazer meu estilo,sapatos pretos,sem comentários,enfim..

Rii muito com seu extra,na realidade apesar de já ter escutado falarem do livro,não sabia,nem tive curiosidade nenhuma de ler sinopse,resenhas e afins.. De verdade fiquei um pouco assustada,não pela temática erótica,mas pelo repercussão que o livro parece ter “apenas” por isso,quando vejo tantos outros autores com essa “temática” e tão brilhantemente explorada,como a Linda Howard,mas confesso que fiquei curiosa para tirar minhas próprias conclusões do livro!
Se tratando da coluna,adoro’
Ahhh.. e fiquei ansiosa para Anna e o Beijo Francês!

BJO’

[Responder]


29/08/2012 às 07:53
Visitante assíduo e já deixou 75 comentários.

Que vestido lindo!!! Ok, só babei no vestido. Agora falando sério, que livro heim? Nossa senhora da falta de inocência, me devolva ela…não, me devolve não, preciso do Grey xD

[Responder]


02/09/2012 às 01:37
Visitante assíduo e já deixou 122 comentários.

Adorei este post, principalmente o extra.. pois eu já ouvi falar muito sobre esse livro, mas não sabia exatamente do que se tratava, gostei muito de ler pra entender um pouco ele..
Parabéns pelo blog ;)

[Responder]


06/09/2012 às 16:05
Visitante assíduo e já deixou 20 comentários.

UIA, SIMPLES E ATRAENTE.

ADOREI ESSA INSPIRAÇÃO LITERÁRIA, ESTOU LOUCOOOOOO PARA LER ESSE LIVRO TÃO FALADO!!

[Responder]


10/09/2012 às 22:56
Você já comentou 2 vezes.

Eu sei que muita gente já disse isso mas, eu não tenho a minima vontade de ler o livro! Eu consigo imaginar muito bem o que você deve ter sentido, eu já li muitos comentários sobre e só posso dizer que o livro me repele, vou dizer o porque. No meu auge de “Oh My Edward Cullen, eu adoro Crepúsculo!” eu lia muitas fanfics, muitas mesmo, e de todas as fanfics que existiam uma de cinquenta dava pra aceitar e cara, visite um site desses, historinhas feito essa chovem!
Não li o livro mas tenho certeza que uma daquelas cheias de comentários deve ser bem melhor…
P.S. O primeiro look é lindo

[Responder]


20/09/2012 às 11:16
Visitante assíduo e já deixou 32 comentários.

Brenda,
Não li o livro e também tenho dúvidas se lerei, mas tive uma idéia das características da personagem através do seu post e acho que o look está perfeito.
Eu usaria, entretanto, apenas o vestido ameixa.

Beijos
Chrys
Chrysthie Audi postado recentemente..Nham-Nham # 17My Profile

[Responder]


29/09/2012 às 23:25
Visitante assíduo e já deixou 33 comentários.

Que produção mais linda você montou!!! *-* E eu adorei todas as peças que mostram o estilo dela também!! Se eu pudesse teria tudo que você escolheu dessa vez!!! =)

Eu estou com um pouco de preguiça de 50 tons, mas tenho um exemplar do primeiro livro. Me sinto meio que obrigada a ler, já que ele se tornou todo esse fenômeno. Espero não odiá-lo tanto quanto eu imagino que odiarei… hahaha…

Beijo!

[Responder]


30/09/2012 às 00:36
Visitante assíduo e já deixou 35 comentários.

Adorei o post diferente ^^!
Adorei os modelitos fashion,gostei do vestido cor de vinho,uma cor bem diferente! Gostei do modeloo

[Responder]


30/09/2012 às 09:59
Visitante assíduo e já deixou 223 comentários.

Adoro os posts Inspiração Literária! Os estilos são perfeitos e faz viajar um pouco mais no universo da personagem.
Este aqui, não posso dizer outra coisa, maravilhoso!
Sou louca pra ler esse livro, ainda não me aventurei nesse gênero, tenho curiosidade! Não sabia que era inspiração da Saga Crepúsculo.
Fernanda Yano postado recentemente..Sorteio PrimaveraMy Profile

[Responder]


30/09/2012 às 17:00
Visitante assíduo e já deixou 82 comentários.

Não sei se é porque não gostei do livro, mas só consigo imaginar a Anastasia de jeans , camiseta e tênis..rsrs

As roupas que a amiga imprestam realmente eram bem mais divas,então eu amei o vestido ameixa e posso imaginar ela usando ele.
E eu também..rsrs

Aceito doações…kkkk

Thais Vianna
@dathais
dathais@hotmail.com

[Responder]


31/01/2013 às 23:50
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Eu li os três livros e amei. Concordo com algumas coisas, mais comentarios a cima de quem não leu e criticou não é muito certo, a autora se inspirou e não copiou crepúsculo, e não NÃO é qualquer um que se inspira num fenômeno e faz sucesso se fosse assim teriamos uns mil livros iguais crepúsculo. é uma historia cliche sim onde a moça indefesa se apaixona pelo rico milionario, que faz ela se sentir unica e especial, e mulheres leêm livros assim também, acho que as pessoas tem qye deixar seu pré-conceitos de lado e ver que estamos no sec. 21, eu li e gosto.

[Responder]


25/02/2016 às 15:49
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Adorei este post, principalmente o extra. Eu já ouvi falar muito sobre o livro, não sabia exatamente do que se tratava, adorei muito ler pra entender um pouco mais..

Excelente blog

[Responder]


01/04/2016 às 17:39
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Olá Laura adorei o post muito bom parabéns bjs <3

[Responder]


14/05/2016 às 16:40
Comentou pela primeira vez, boas vindas!

Gostei bastante do blog vou salva aqui nos meus favoritos minha esposa tem que saber disso parabéns….

[Responder]