lancamentos category image Lançamentos Martin Claret – Junho 15/06/12


As Aventuras de Pinóquio – Carlo Collodi

“Não era madeira nobre, mas um simples pedaço de lenha, desses que, no inverno, metem-se nos fogões e nas lareiras para acender o fogo e aquecer a casa.” Essa é a origem de Pinóquio, até que Mestre Cereja o descobre e faz dele um boneco de madeira. Mas Pinóquio não fica exatamente satisfeito, quer ser um menino.
Mas à parte a história que todos conhecem, visto que imortalizada pelos estúdios Disney, a versão original de Pinóquio é muito diferente. Recheada de um humor tipicamente italiano e de ironia mordaz, a história de Carlo Collodi retrata a dureza e crueldade da vida. Pinóquio passa uma série de dificuldades para aprender a ser um bom menino. Sua vaidade, sua ingenuidade e seu egoísmo são postos em xeque para que ele possa efetivamente transformar-se.
Pinóquio é um clássico de todos os tempos, no qual magia, humor e fantasia se misturam e encantam todos os tipos de leitores.


O Príncipe e o Mendigo – Mark Twain

Mark Twain é considerado um dos maiores escritores norte-americanos. Durante sua vida, foi uma testemunha ocular da história de seu país, assistindo às muitas mudanças que a jovem nação enfrentava. Em meio a conflitos internos, ao crescimento da população, à escravidão e à expansão da indústria, Twain retratou a realidade dos Estados Unidos de forma abrangente – seja com uma prosa leve ou com ácidas críticas sociais.
O Príncipe e o Mendigo (1880) narra as aventuras de dois meninos fisicamente idênticos, que ao trocarem de lugar enfrentam realidades totalmente diferentes. Voltado ao público infantil, mescla, com qualidade, uma narrativa leve e juvenil com uma crítica à exploração das classes pobres.

A Viuvinha / Encarnação – José de Alencar

José de Alencar é um dos maiores representantes da ficção romântica nacional e um dos fundadores de uma literatura brasileira autônoma de Portugal.
Em seus romances urbanos A Viuvinha (1860) e Encarnação (1893), Alencar presenteia o leitor com histórias de amor, paixões, ciúmes, heróis e heroínas, apresentando os costumes, comportamentos e interesses da sociedade carioca na época do Segundo Império.
Caracterizados pelos preceitos medievais de revelação e conversão cristãs, e de amor e honra heroicos, os romances deste volume possuem importantes valores do Romantismo universal: o culto ao eu, o idealismo, o pessimismo e a melancolia.

Brás, Bexiga e Barra Funda – Antônio de Alcântara Machado

O paulistano Antonio de Alcântara Machado se destacou no movimento modernista quando publicou sua série de contos reunidos no livro Brás, Bexiga e Barra Funda (1927). Seus contos são muito elogiados pela crítica e retratam com humor e exatidão a vida na São Paulo da década de 1920.
Brás, Bexiga e Barra Funda é composta por 11 contos que nasceram da experiência do autor como jornalista e são recheados do linguajar típico das notícias. Os três bairros paulistanos que dão nome ao livro retratam a influência e a integração dos imigrantes italianos na cidade de São Paulo.
Esta edição reúne também os 12 contos de Laranja da China (1928). Fruto de uma paródia do Hino Nacional muito popular na época de Alcântara Machado, “Laranja da China” é uma expressão que dá o tom humorístico e nacionalista aos contos, todos eles pincelados de humor e linguagem coloquial.

Fábulas – Jean de La Fontaine

Considerado o pai da fábula moderna, La Fontaine tornou-se conhecido internacionalmente com suas criações inspiradas na tradição clássica e oriental.
Fábulas é sua obra mais famosa. Escrita em versos, com uma linguagem simples e atraente que conquista imediatamente seus leitores, inclui histórias mundialmente conhecidas, como A cigarra e a formiga, O corvo e a raposa e A lebre e a tartaruga.
La Fontaine trata de temas universais, como a vaidade, a estupidez e o vício humanos, retratados por meio dos animais. Segundo ele, sua obra “é uma pintura em que podemos encontrar nosso próprio retrato”.
Esta edição é uma antologia de suas mais importantes composições, traduzidas por célebres escritores brasileiros e portugueses, com ilustrações de Grandville.


O Cão dos Baskerville – Sir Arthur Conan Doyle

O detetive Sherlock Holmes e seu fiel amigo dr. Watson retornam em mais uma série de mistérios, assassinatos, pistas e perseguições em O cão dos Baskerville.
Considerada uma das melhores aventuras do detetive, a obra foi originalmente impressa em partes, publicadas pela revista Strand Magazine de agosto de 1901 a abril de 1902, quando, no mesmo ano, foi lançada em formato de livro.
O mistério a ser solucionado envolve a morte de Sir Charles Baskerville e um cão fantasmagórico que aterroriza os moradores da mansão Baskerville Hall.
O cão dos Baskerville possui uma história eletrizante que se tornou um clássico da literatura policial e promete prender a atenção do leitor a cada virada de página.

E mais um post para nos levar a falência!

Gente que capa linda é essa de Pinóquio?? Amei MUITO. Além disso, não sei vocês mas sempre gosto de conhecer os contos de fadas como eles realmente são. Não que eu não goste dos da Disney, mas sou muito curiosa para me conformar com apenas uma versão. Espero que assim como Pinóquio eles publiquem outros contos!

O Príncipe e o mendigo é um clássico que inspirou e inspira a criação de muitos livros e filmes. Vai dizer que você nunca conheceu algum caso cinematográfico ou numa leitura, de dois garotos ou garotas fisicamente iguais que trocaram de lugar? (Tem até filme da Barbie gente!). Que tal então conhecer melhor a fonte de toda inspiração?

Trouxe dois clássicos brasileiros para mostrar por dois motivos. O primeiro é que José de Alencar é um dos meus autores favoritos, seu livro Senhora foi um dos primeiros clássicos que realmente li com vontade e gostei. Logo tenho certeza que A viuvinha deve ser muito bom também. E o segundo motivo é porque já li alguns contos de Brás, Bexiga e Barra funda e recomendo muito! O livro tem um humor gostoso e alguns (não digo todos por que não li todos) contos relatam costumes de bairros povoados por Italianos em São Paulo. Ah, gente ele foi escrito na época da minha escola favorita: O Modernismo; com certeza vale a pena!

Sobre os dois últimos nem preciso comentar muito, fábulas são sempre uma boa pedida para passar o tempo. E eu como fã de um bom romance policial recomendo livros do Sherlock Holmes a todo mundo. Mesmo Agatha Christie sendo minha queridinha não posso deixar de reverenciar o brilhantismo dos livros do Sir Arthur Conan Doyle.

Se já chegaram até aqui não custa nada deixar um comentário de quais livros ficaram mais interessados né? ;]

26 comentários
Postado em 15/06/12 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


26 comentários »
C.J
15/06/2012 às 19:36
Você já comentou 8 vezes.

Há, boas leituras de ontem atualizadas para trazer aquela nostalgia a nós leitores. O livro de Doyle ali, parece uma boa pedida, já que, espero, venha com ilustrações coloridas. Até agora, os livros de SH que li mal vem com umas gravuras, claro que não tô reclamando, mas quem não gosta de uma boa diagramação???
C.J postado recentemente..Links da semanaMy Profile

[Responder]


15/06/2012 às 20:56
Visitante assíduo e já deixou 27 comentários.

também adoro fabulas para passar o tempo, e adoro o Sherlock Holmes tanto nos livros quanto no cinema.
Bruna Gama postado recentemente..Vestidos no invernoMy Profile

[Responder]


15/06/2012 às 22:13
Visitante assíduo e já deixou 35 comentários.

para dizer a verdade estes livros na fazem o meu estilo….talvez eu lera, mas meu estilo é outro BEM diferente, mas adorei as capas, chamam atençao, mas nao discordo de vc, é sempre uma boa pedida para se pasasar o tempo.
valeu
acho que leria A Viuvinha / Encarnação – José de Alencar , vou ficar de olhos
parabens
aryane campideli postado recentemente..Lançamentos Martin Claret – JunhoMy Profile

[Responder]


16/06/2012 às 14:08
Visitante assíduo e já deixou 48 comentários.

Adoro esse clássicos da MArtin claret, me lembram minha infância literária.

[Responder]


16/06/2012 às 19:49
Visitante assíduo e já deixou 81 comentários.

Oi Brenda, eu passei um tempo sem vir aqui mas eu voltei, hahaha. Faz pouco tempo, eu pensava que os filmes que eu assistia como, pinóquio, branca de neve, e contos como chapeuzinho vermelho(eu tenho um livro de letras gigantescas dela), entre outros não eram as verdadeiras versões, eu me senti meio traída pelos autores e diretores, por que eles mentiram pra mim, hahaha, mas depois da decepção eu fiquei super curiosa pra saber quais eram as verdadeiras estórias. E também descobri que elas originalmente eram para adultos e foram adaptadas para as crianças, por que o verdadeiro conteúdo não era adequado para crianças( pelo que eu sei é isso). Eu fiquei super curiosa agora com Pinóquio, e a capa é linda. E Fábulas – Jean de La Fontaine também me deixou com uma vontade de ler, eu gosto de contos, tem até uns livros infantis de contos( o da chapeuzinho com letras gigantecas é um deles) e esses livros são ilustrados, e o que eu mais amo em livros assim são as ilustrações e a capa de Fábulas me lembrou os desenhos dos livros, que são Simbá, Chapeuzinho, Cinderela tem outro mas eu não lembro qual é :) Eu falo demais!!!! Beijo Brenda! :D

[Responder]

brendalorrainy Reply:

É isso mesmo Myrella!
As histórias são todas macabras kkkk
Também tenho uma quedinha por ilustrações *-*.
Que bom que você voltou :D :D
Beijooo

[Responder]

Myrella Barbosa Reply:

Tu sabe se tem os livros das verdadeiras versões aqui no Brasil?!

[Responder]


16/06/2012 às 22:46
Visitante assíduo e já deixou 20 comentários.

ahhaaha raramente leio livros infantis,mas esse A viuvinha gostei demais! É romance,tem ciuminhos,paixões,gosto disso rs

[Responder]


16/06/2012 às 22:57
Visitante assíduo e já deixou 19 comentários.

Olá!
Esses lançamentos da Martin Claret estão maravilhosos mesmo né! Eu gosto muito de clássicos, embora a minha preferência pelos britânicos seja escandalosa, costumo ler outros também. Estas capas estão muito lindas, ainda não vi nenhum livro em mãos então não sei qual é o formato deles, mas espero que seja um que fique muito bonito em estantes! hehe Que vergonha para mim, não conhecia a história do Príncipe e o Mendigo! Quando você falou é que eu pensei, ahh aquela coisa “O homem da máscara de ferro!” (que por sinal eu amo), preciso ler este livro urgentemente então! Gosto muito de José Alencar também, li Senhora umas duas vezes e super recomendo para todo mundo, e nunca achei uma adaptação pra novela/cinema que fosse tão boa quanto o livro!
Parabéns pelo post, ótimos lançamentos
beijos

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Andressa!
O formato deles que eu saiba é pequeno mas acho que ainda ficam bonitos sim na estante :]
Poxa nem sabia que Senhora tinha novela :o. Vou procurar no You tube!
Mas já vi uma peça aqui na minha cidade que chegou perto de ficar perfeita, eles seguiram direitinho o livro.
Um beijoo

[Responder]


17/06/2012 às 13:33
Visitante assíduo e já deixou 16 comentários.

Adorei a capa do livro do José Alencar :O Muito lindo!
Geralmente livros clássicos têm capas tão feinhas… mas a Martin Claret colocou umas capas maravilhosas, deu vontade de ler.

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Oi Michele!
É mesmo, quando a capa é caprichada chega cresce a vontade de ler \o
beijoo

[Responder]


17/06/2012 às 14:00
Visitante assíduo e já deixou 48 comentários.

Adorei essa capa de Pinóquio também, muito bonita, eu não gosto muito das capas da editora martin claret, mas essas estão bem bonitas, gostei da do livro do Josér de Alencar e a de fábulas, tão lindas *-*

Beijo;*
Naty.

[Responder]


18/06/2012 às 12:03
Visitante assíduo e já deixou 19 comentários.

eu ja li a viuvinha de jose de alencar ,ta cm um boooooom tempo q li ele rsrsrs coisa assim por volta dos meus 10 anos(hj 17 rsrs)
trabalho de escola,mas é um livro muuuito bom,bem legal de se ler ^^

[Responder]


20/06/2012 às 16:54
Você já comentou 6 vezes.

Olá! =)
Eu adorei o livro A Viuvinha / Encarnação – José de Alencar. Confesso que fiquei tentada a adquiri-lo. O mesmo acontece comigo em relação ao autor. Gosto muito de suas obras. Comecei por Senhora, leitura obrigatória no ensino médio, mas felizmente não foi algo ruim para mim. Eu realmente gostei da obra. Até já li mais de duas vezes! Então, Viuvinha e Encarnação também devem ser ótimos.
Parabéns pelo blog! Sou nova por aqui, mas já gostei de cara!
Bjs! :**

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Bem vinda Pâmela :D
Fico feliz que você tenha curtido o blog!
Senhora foi realmente o livro que deu um up no meu saldo de livros chatos do ensino médio kkk.
beijo :*

[Responder]


22/06/2012 às 09:17
Visitante assíduo e já deixou 146 comentários.

Tenho muita curiosidade em ler O cão dos Baskerville… apesar dessa capa de arrepiar.
Já li Viuvinha e amei a história, é bem surpreendente… mas não conheço Encarnação.
Essa capa de As aventuras de Pinóquio é bem bonita!!!
Eu tenho uma versão mini com as fábulas de La Fontaine, são ótimas.

[Responder]


22/06/2012 às 14:04
Visitante assíduo e já deixou 50 comentários.

As Aventuras de Pinóquio deve ser incrível!

[Responder]


23/06/2012 às 10:33
Visitante assíduo e já deixou 117 comentários.

Quando eu era pequena adorava o Pinóquio, mas depois que vi um filme dele comecei a odiar, haha vai entender.
A editora é voltada mais para o público infantil?
Acho que eu não leria nenhum destes livros.

[Responder]


25/06/2012 às 20:39
Visitante assíduo e já deixou 20 comentários.

Tô aprendendo a gostar de fabulas, nunca lia antes de ver quão bons eram os lançamentos rs

[Responder]


27/06/2012 às 18:33
Visitante assíduo e já deixou 55 comentários.

Quero ler o Cão dos Baskerville.
Suzy Xavier postado recentemente..NOVA PARCERIA: EDITORA GIOSTRIMy Profile

[Responder]


29/06/2012 às 22:08
Visitante assíduo e já deixou 48 comentários.

Adoro Martin Claret e seus clássicos, tb são meus parceiros lá no blog.

[Responder]


29/06/2012 às 22:45
Visitante assíduo e já deixou 122 comentários.

Bons livros!! Assim como você, adoro conhecer a verdadeira história dos contos de fadas então Fiquei super afim de ler!!
O príncipe e o mendigo realmente tem várias versões e seria interessante ler o original, enquanto os dois seguintes não chamou a minha atenção!!
Adoro fábulas, são ótimas para passar o tempo.
Mas o que mais me interessou foi O Cão dos Baskerville, essa capa é incrível e essa sinopse é daquela que te faz levar o livro imediatamente, fiquei muito curiosa para ler.
Super beijos.

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Confesso que o livro que mais me atraiu mesmo foi O Cão dos Baskerville também! A capa é realmente incrível *-*
Beijo!

[Responder]


29/09/2012 às 12:42
Visitante assíduo e já deixou 32 comentários.

Goastaria bastante de ler o cão dos Baskerville
Adoro histórias de Sir Arthur Conan Doyle!

Beijos
Chrys
Chrysthie Audi postado recentemente..De tudo um pouco # 5 – Marcadores de páginas diferentes!My Profile

[Responder]


30/09/2012 às 23:49
Visitante assíduo e já deixou 33 comentários.

Ah, eu sou suspeita pra fazer essa escolha, amo desde muito nova as Fábulas de La Fontaine. E em segundo lugar, rs, fica As Aventuras de Pinóquio, queria muito conhecer a versão pré-Disney também… rs…

[Responder]