resenhas category image [Resenha] – Para sempre, Kim e Krickitt Carpente 07/04/12


Nome: Para Sempre
Autor(a): Kim e Krickitt Carpente
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Número de páginas: 144
Avaliação: ★★★☆☆

A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a “Krickitt” com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Histórias de amor e superação são por si só encantadoras. A leitura de um livro baseado em fatos reais nos toca de maneira especial por além imaginarmos tudo que aconteceu termos a certeza da veracidade daqueles sentimentos.

Kim e Krickitt se conheceram de maneira muito inusitada. Uma ligação feita por Kim para uma loja esportiva foi responsável pelo inicio de uma relação que poucos meses mais tarde acabou em casamento. O amor entre eles era devotado em uma grande fé em Deus e mesmo com pouco tempo de convivência eles sentiam a grandiosidade do sentimento mútuo que tinham. Um terrível acidente não poderia escolher hora pior para acontecer. Kim saiu sem sequelas graves mas Krickitt não teve a mesma sorte. Ela não tinha lembrança nenhuma recente, o que incluía os dois anos inteiros da relação namoro-noivado-casamento que possuía com Kim. Tudo estaria perdido se não fosse a grande fé e vontade de superação de ambos.

Para sempre teria tudo para se tornar uma daquelas histórias emocionantes com potencial para derramar lágrimas sem fim se não fosse a maneira com a história foi contada. O foco autobiográfico narrado exclusivamente por Kim acabou pecando na falta de emoção e gerou certa superficialidade a trama. O autor parecia limitar-se a nos contar o que aconteceu, numa sucessão de laudos médicos, datas e detalhes um tanto repetitivos. Mal existiam diálogos e o lado de Krickitt, seus sentimentos e inseguranças ficaram omissos. Não há duvidas do quanto cada um sofreu e o quanto a história deles é linda, mas faltou um pouco de tato para conta-la.

Não quero dizer de maneira nenhuma que é um livro ruim. Muito pelo contrário. A mensagem de fé, amor e perseverança que eles trazem é realmente tocante e inspiradora. O problema real foi o caráter “relato” que o livro adquiriu. Um problema facilmente resolvido se um autor com mais experiência tivesse sido contratado para escrever-lo com foco na terceira pessoa.

É uma leitura rápida, tanto pela narrativa corrida quanto pela quantidade de folhas. Recomendo sim o livro, afinal a decepção veio pelo modo como foi escrito não pela história em si. Há inclusive um filme inspirado na obra, que pelo trailer não aparenta ser muito fiel mas essencialmente parecido.

DESIGN: ★★★★★
IMPACTO: ★★★☆☆
NARRATIVA: ★★★½☆

27 comentários
Postado em 07/04/12 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


27 comentários »
07/04/2012 às 17:04
Visitante assíduo e já deixou 81 comentários.

que capa liiinda! muito boa a resenha, e a história parece ser linda, eu me confundi um pouco na sinopse por causa dos nomes, mas eu entendi depois :)

[Responder]

brendalorrainy Reply:

É meio estranho o nome deles mesmo, parece ser unissex né? kkkk

[Responder]

Myrella Barbosa Reply:

É quando eu vi, eu pensei que Kim fosse a mulher e Krickitt(que nome é esse? parece o nome daquele jogo kriket) era o homem ai quando eu fui ler eu me confundi, tipo “Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava ‘comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido.” eu ao ler isso: como eu pensava que Krickitt era o homem e no final tem “comprometida’ e ‘ela’ não conseguia se lembrar de seu ‘marido’.” é um transsexual que tem um marido? ai depois que eu li umas duas vezes eu entendi que Kim é o homem e krickitt(?) era a mulher, e entender que ela não morreu de verdade, mas foi as mémorias de como ela era antes “morreu” eu finalmente vi do que se tratava o livro, e achai super fofo. (confuso não?)

[Responder]


08/04/2012 às 00:08
Visitante assíduo e já deixou 13 comentários.

Assisti o filme logo quando terminei o livro, e são completamente diferentes, devo dizer!
A única semelhança é que eles são casados, tem uma acidente e ela perde a memória, todo o resto é completamente diferente.
Também não gostei muito do livro por causa dos motivos que você citou, a superficialidade dele me deu nos nervos!

O filme também não é dos melhores, é fofo, um bom passa tempo, mas muito pouco emocionante. :/

Xxx,
Julie
http://www.booksjournal.org
Julie Neves postado recentemente..Resenha: Ladrões de Elite – Ally CarterMy Profile

[Responder]


May
08/04/2012 às 19:48
Visitante assíduo e já deixou 35 comentários.

Acredite, o filme não é NADA fiel, rs.. Gostei bastante do livro, e acho que era esse o tom de “relato” que o autor queria que o livro tivesse mesmo…

Beijinhos,
May ;*

[Responder]


09/04/2012 às 15:52
Visitante assíduo e já deixou 15 comentários.

Gostei muito da resenha, queria ler muito, embora ja ouvir varias criticas sobre o livro, masnão faço muita questão se o livro é bom ou não, eu quero ler de qualquer jeito e alias seria mais um livro na minha coleção, então to louca para ganhar a ´romoção.

[Responder]


09/04/2012 às 22:42
Visitante assíduo e já deixou 26 comentários.

Oiii! Gostei muito da sua resenha! Realmente tivemos as mesmas impressões, acho que muita gente teve, já que grande parte de nós esperávamos AQUELE romance, né? haha’ mas tudo bem! Ela nos mostra muitas outras coisas boas tbm ^^

Beijos, Nanda
http://www.julguepelacapa.blogspot.com

[Responder]


09/04/2012 às 22:55
Visitante assíduo e já deixou 12 comentários.

Estou doida é para ver o filme. Mas confesso que sua resenha me deu uma desanimada. Isto é bom no final das contas, criar expectativas demais é sempre péssimo. Sua resenha está ótima, Brenda, ainda quero ler para ver como é, USHAUHSAUHSUAHS. Beijos!
Rachel Lima postado recentemente..Resenha – Princesas e Damas Encantadas (Contos de Fadas Celtas #1)My Profile

[Responder]


11/04/2012 às 18:52
Visitante assíduo e já deixou 16 comentários.

Eu já li!! Eu gostei muito do livro, mais na minha opinião sincera (Sei que muitas não vão concordar) a história ficou muito melhor no filme! Se você não está muito afim de ler o livro, recomendo mesmo ver o filme com certeza… Mais não é uma regra, é só minha opinião como leitora hihihi.

Bjosss,
Gabi.

[Responder]

brendalorrainy Reply:

AAA ainda bem! Eu gostei bastante do trailer e tava com medo de te criado falsas expectativas!
beijo!

[Responder]


13/04/2012 às 17:47
Visitante assíduo e já deixou 58 comentários.

Ah eu fico tão chateada quando histórias com tanto potencial perdem o glamour ao serem transcritos… a falta de emoção desse livro foi algo que ouvi falar muito e me decepcionou!

[Responder]


23/04/2012 às 18:56
Visitante assíduo e já deixou 67 comentários.

É, parece ser um livro bom, apenas bom. Não se quero ler, mais eu gostei da sua resenha, está ótima.
Até mais !

[Responder]


25/04/2012 às 18:05
Visitante assíduo e já deixou 55 comentários.

Muito boa a resenha, estou a fim de conferir a história de Kim e Krickitt!
Suzy Xavier postado recentemente..Pegasus e o fogo do Olimpo – Kate O’HearnMy Profile

[Responder]


17/06/2012 às 12:45
Você já comentou 2 vezes.

Sinceramente, eu achei o filme mais emocionante que o livro. E isso nunca tinha me acontecido antes. Talvez tenha sido pela forma da narrativa. Achei a história do livro bonita e tudo mais, entretanto, não existe a emoção que a história “merece”. Eu achei válido o fato de que na adaptação existiram mais conflitos, até mesmo na família dela, que no livro sempre a apoiou. Se o filme seguisse 100% o livro, ficaria sem subjetividade alguma. Adorei a sua resenha. Retrata exatamente a minha opinião. Mais uma vez, parabéns!

[Responder]

brendalorrainy Reply:

Eu estou louca pra ver o filme! Já imaginava que ia ser mais emocionante, pois gostei muito do trailer, que bom que não me enganei. :D

[Responder]


23/06/2012 às 00:39
Visitante assíduo e já deixou 50 comentários.

Através de outras resenhas, concordo com a forma de escrita. Gosto de resenha em que o resenhador se envolve encontrando pontos negativos e principalmente positivos no livro. Mas, em contrapartida dizem que a história é linda.

[Responder]


26/06/2012 às 19:31
Visitante assíduo e já deixou 24 comentários.

Eu odiei o livro,não gostei da narrativa em si
E apesar de ser pequeno não consegui ler rápido.
Demorei bastante pra terminar

[Responder]


02/09/2012 às 01:26
Visitante assíduo e já deixou 122 comentários.

Estou LOUCA pra ler este livro, parece ser MUITO bom!!!!

[Responder]


02/09/2012 às 01:53
Visitante assíduo e já deixou 122 comentários.

Estou querendo muito ler esse livro, ia esperar pra ver o filme depois, mas não me aguentei e olhei o filme.. mas a vontade de ler o livro continua!!!!!

[Responder]


20/09/2012 às 23:17
Visitante assíduo e já deixou 43 comentários.

Oi..

Eu já li esse livro e vi o filme e achei comovente a história pelo qual esse casal passou.. Ele demonstrou para nós o que o amor verdadeiro.. Adorei a sua resenha….Gosto muito das suas resenhas.. =/
Samira Chasez postado recentemente..Resenha Sereias  O Segredo das Águas My Profile

[Responder]


20/09/2012 às 23:44
Visitante assíduo e já deixou 37 comentários.

Prefiro a história do livro a do filme.
Elisama Rodrigues postado recentemente..Get Glue – Uma rede social viciante!My Profile

[Responder]

Elisama Rodrigues Reply:

Estava lendo o primeiro capítulo e vi a grande diferença.
Elisama Rodrigues postado recentemente..Get Glue – Uma rede social viciante!My Profile

[Responder]


30/09/2012 às 15:26
Visitante assíduo e já deixou 32 comentários.

renda,
Concordo em número, gênero e grau.
Eu também li e não avaliei bem.
Acredito que vc pegou muito bem a essência. O enfoque autobiografico pegou pontos apenas de KIM. Muito me interessaria saber o ponto de vista de Krickitt também.
Mas enfim…

Beijos
Chrys
Chrysthie Audi postado recentemente..RESULTADO Promoção Kit Livretos e MarcadoresMy Profile

[Responder]


13/10/2012 às 11:17
Visitante assíduo e já deixou 114 comentários.

Olá Brenda.
Vou desabafar aqui tbm, eu li esse livro e não gostei muito não.
Assim , no começo me debulhei em lágrimas, chorei muito mesmo, não sei se chorei muito, porque estava em um hospital (eu comecei a ler quando minha filha foi internada) ou porque achei a estória muito emocionante mesmo.
Mas ai veio o meio do livro e começou a ficar superficial demais.
Enfim . Esse livro eu não recomendo não.
Mas se quiser ler . rs’
Como sempre sua resenha bem sincera. Gostei mesmo.
Beijos

[Responder]


29/12/2012 às 09:44
Visitante assíduo e já deixou 39 comentários.

Perfeito esse livro :c

[Responder]


21/01/2013 às 13:12
Visitante assíduo e já deixou 53 comentários.

Concordo plenamente com você.
Achei a história linda, mas pecou na forma que foi contada. Achei os relatos bem superficiais, desprovidas de sentimento, de forma que não consegui me sentir próxima de nenhum dos “personagens”…
Apesar de ser um livro pequeno, demorei alguns dias para terminar de lê-lo, pois a narrativa não me prendeu.

[Responder]


04/02/2013 às 16:20
Visitante assíduo e já deixou 20 comentários.

Assisti o filme e li o livro também.Boa resenha, livro baseado em uma história real. O livro é narrado por Kim,apesar de biográfica, tem algumas partes que parecem um tanto romanceadas e além do real, não que não pareça verdade.
Ficou a impressão de que era impossível acabar com o casamento,independente de tudo que aconteceu. Então, (parece) que sem outra opção, ela decide reaprender a amar seu marido.

[Responder]