resenhas category image [Resenha] – A Esperança, Suzanne Collins #EspecialJV 02/04/12


Nome: A Esperança
Autor(a): Suzanne Collins
Editora: Rocco
Número de páginas: 419
Ano: 2010
Avaliação: ★★★★★

*SINOPSE COM SPOILERS! NÃO LEIA SE AINDA NÃO LEU O 1º E 2º LIVRO DA TRILOGIA: JOGOS VORAZES* Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução.
A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo.
O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra?
Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.

  ATENÇÃO, ESTA RESENHA PODERÁ CONTER SPOILERS DO PRIMEIRO E SEGUNDO LIVRO DA SÉRIE.

São poucos os livros que conseguem te prender de forma total na história. Alguns te empolgam, alguns te fascinam…. Mas imersão completa pertence a uma classe de livros raros, especiais. A Esperança se encaixa perfeitamente nessa classe.

Com o fim do distrito 12, Katniss e uma pequena parcela da população que restou de lá tentam se adequar ao modo de vida do lendário Distrito 13. Se por um lado ela está em fim salva da Arena, a verdadeira luta parece começar agora. Peeta está nas mãos da Capital e os rebeldes precisam de um símbolo para se guiar. Com uma revolução eminente morar longe da opressão da Capital parece não fazer muita diferença quando cada passo dado no 13 é rigidamente controlado. Se tornar o tordo é realmente uma opção para Katniss?

A Esperança começa com uma narrativa lenta em relação aos volumes anteriores, mas com um grande fluxo de informações para ser absolvido página a página. É um verdadeiro manual prático das artimanhas de uma guerra. Leitor e personagens se veem confusos sobre até que ponto devemos ir em situações desesperadoras. As noções de certo e errado estão completamente perdidas.

Mais do que nunca Collins é crua e brutal no acontecimentos. Quando você acha que não dá mais para piorar, piora. E de novo, e de novo, e de novo. Não há misericórdia nem piedade para o leitor nem personagens. O modo violento como tudo acontece nos deixa em choque, estáticos. Como o primeiro livro da trilogia se torna ingênuo mediante este!

Os personagens estão abalados tanto no físico quanto mentalmente. A guerra consegue nos imprimir completa repulsa em todos os sentidos. Chega tal ponto no livro que a forma como tudo irá terminar começa a não fazer tanta diferença contanto que o sofrimento deles tenha fim. Suzanne não economizou em grandiosidade e em desgraças. Seu objetivo final foi cumprido: nos mostrar que na guerra não há vencedores, só pessoas arrasadas e almas estilhaçadas. E dor, muita dor.

Há muitas críticas que giram em volta da Katniss e suas escolhas. Mas para uma menina de 17 que passou pelo que ela passou sua forma de lidar com a dor é notável. É só lembrar que em toda a trilogia não há um só momento de completa segurança ou felicidade e ainda assim ela se sobressai.

Quanto as reviravoltas finais, elas me fizeram soluçar, lágrimas abundantes e persistentes. Algumas mortes achei sim desnecessárias, mas uma saga como Jogos Vorazes não poderia ter um final diferente do obtido. É decepcionante para o coração, mas suficientemente satisfatório para a realidade.

DESIGN: ★★★★★
IMPACTO: ★★★★★
NARRATIVA: ★★★★★

14 comentários
Postado em 02/04/12 por brendalorrainy



brendalorrainy
19 anos. Criadora do CDI é estudante de administração com inclinação para o setor editorial. Tem uma queda por felinos, por quadrinhos e pela combinação tinta e papel. Adora criar metas o tempo inteiro e estranhamente odeia dormir. Também detesta café, tem tendência ao caos e morre de medo de altura. É viciada em Friends e em qualquer coisa que a faça rir.
Deixe aqui seu comentário!

CommentLuv badge


14 comentários »
02/04/2012 às 11:13
Você já comentou 4 vezes.

Oi Brenda
Não pude ler a resenha pq ainda não li nenhum livro dessa série, mas to louquinha para começar

Bjs

[Responder]


03/04/2012 às 12:13
Visitante assíduo e já deixou 67 comentários.

Desculpa Brenda , mais tbm não li sua resenha. Pois ainda não li A Esperança.
Mais aqui esta o meu comentário no seu blog :) Abraços !!

[Responder]


24/04/2012 às 21:20
Visitante assíduo e já deixou 15 comentários.

ain que medo de ler esse ultimo livro pq tb sei que vou derramar muitas lagrimas

[Responder]


25/04/2012 às 16:05
Visitante assíduo e já deixou 55 comentários.

Já li é realmente perfeito!
Suzy Xavier postado recentemente..Pegasus e o fogo do Olimpo – Kate O’HearnMy Profile

[Responder]


14/05/2012 às 17:27
Visitante assíduo e já deixou 17 comentários.

Eu Adorei esse livro, apesar de ter muitas mortes e sofrimento, o que só aumenta a noção de como a saga é brutal. Muito Bom!

[Responder]


29/06/2012 às 22:23
Visitante assíduo e já deixou 48 comentários.

não vejo a hora de começar A esperança!! Jogos vorazes é uma das melhores sagas ever *-*

[Responder]


05/09/2012 às 21:43
Visitante assíduo e já deixou 45 comentários.

Final mais que perfeito.

Confesso que tive raiva em alguns momentos e surpresa em outros, mas o final não poderia ser de outra forma.

Como disse a Brenda:

“Mil estrelas para a trilogia de JV”

[Responder]


01/10/2012 às 14:30
Visitante assíduo e já deixou 11 comentários.

Eu sou super fã de Jogos Vorazes, desde a primeira pagina amei. Quando vi atraz do livro um comentário da autora de Crepúsculo, quase devolvi, pq sinceramente nao gosto do jeito de escrever dela.. mas mesmo assim aluguei, e ainda bem, pq amei, diferente de tudo que já li, adoro livros com mortes (sombrio e estranho eu sei), pq acho que nada é mais emocionante que isso. Mas, pela primeira vez desejei que os personagens nao morressem. Amei mesmo!

[Responder]


23/10/2012 às 11:35
Visitante assíduo e já deixou 82 comentários.

Adoro a série JV, mas a Esperança…Nossa… Quase tive um ataque de tanto chorar, em um determinado acontecimento.. O que eu mais gostei é que a Suzanne é muito boa tanto por ser uma distopia, quanto no fato de apresentar livros mais reais… Livros em que nem sempre um “felizes para sempre ” é possível.

Thais Vianna
@dathais

[Responder]


23/01/2013 às 08:32
Visitante assíduo e já deixou 223 comentários.

Terminei a série e posso dizer perfeita, completa e inesquecível. Nunca fiquei tão absorvida em uma leitura como foi com essa.
A resenha ficou ótima e para quem ainda não leu, corra e lê porque é maravilhoso.
bjs
Fernanda Yano postado recentemente..Lembrancinha para Chá de Lingerie – Mini SutianMy Profile

[Responder]


20/02/2013 às 09:07
Visitante assíduo e já deixou 223 comentários.

Li, chorei, vibrei. Sofri também rs. Mas foi uma das melhores trilogias que li até hoje, leria tudo novamente. Adorei! :)
Fernanda Yano postado recentemente..Minha primeira boneca TildaMy Profile

[Responder]


02/07/2013 às 16:58
Você já comentou 3 vezes.

Adorei os outros dois livros da trilogia,e confesso que esperava mais de A esperança.
Achei que a história demorou muito para se desenrolar e que a autora podia ter explorado mais alguns pontos,mas não deixa de ser um bom livro.
Caroline C. R. Bueno postado recentemente..Top Comentarista Julho: Bruxos e bruxas e O Livro das loucuras e das curasMy Profile

[Responder]


09/07/2013 às 19:18
Você já comentou 2 vezes.

Estou lendo a esperança com um aperto no coração, o livro é excelente mas nem ele ou Em chamas se comparar com Jovos vorazes.

[Responder]

Humberto Reply:

Jogos*

[Responder]